Imprimir Página | Fechar Janela

Tutorial: Tributação compras internacionais!

Impresso de: Batera.com.br
Categoria: Fóruns Públicos
Nome do Fórum: Produtos e Marcas
Descrição Fórum: Assuntos sobre baterias, pratos, acessórios, marcas, etc.
URL: http://forum.batera.com.br/forum_posts.asp?TID=66086
Data da Impressão: 23/10/19 as 11:58


Tópico: Tutorial: Tributação compras internacionais!
Postado Por: aguimonteiro
Assunto: Tutorial: Tributação compras internacionais!
Data de Publicação: 27/01/12 as 23:00

Sempre tem alguém perguntando sobre os benefícios de comprar equipamentos fora do Brasil, realmente os preços são tentadores, mas sempre surgem dúvidas sobre o que pode e o que não pode trazer, custos, tributação, se precisa vir como bagagem, se pode despachar de navio ou transportadora!

Resolvi pesquisar tudo o que a Receita Federal fala sobre isso e deixar a disposição aqui!


Meu critério para compras é o seguinte:

preço do produto + imposto = 70% do preço no Brasil, vale a pena comprar!

Economias abaixo de 30% não valem o esforço e falta de garantia do produto, para meus critérios!

Para minha conta sempre considero que serei tributado, se não for estou no lucro!


Duas Observações:

Não inclui  nesse tutorial compras feitas pela internet, vou fazer outro tópico a respeito, nem limites impostos pelas Companhias Aéreas, antes tem que ligar para a mesma e se informar! Cada uma possui um regime e que pode variar com o tipo de Cliente, por exemplo a TAM

Cliente Comum 2 bagagens de 32 kg

Cliente Fidelidade Azul 3 Bagagens de 32 kg

Cliente Fidelidade Vermelha 4 Bagagens de 32 kg



Mas voltando ao assunto do tópico: 

(para deixar mais fácil, vou deletar algumas partes, quem quiser ler o conteúdo completo no final de cada assunto tem o link com a referência para o site da receita)


Para fins de tributação aduaneira, entende-se como bens de viajante os bens, novos ou usados, que um viajante porta consigo, no mesmo meio de transporte em que viaje. Os bens de viajante, para que se enquadrem no conceito de bagagem devem ser, necessariamente, destinados a uso ou consumo pessoal do viajante, em compatibilidade com as circunstâncias de sua viagem, inclusive aqueles para presentear, ou destinados a sua atividade profissional, e não podem permitir a presunção de importação ou exportação para fins comerciais ou industriais, devido a sua quantidade, natureza ou variedade.

Alguns bens, embora não incluídos no conceito acima, recebem o mesmo tratamento tributário dispensado à bagagem quando pertencentes a  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/ViajanteSituacaoEspecial.htm" rel="nofollow - . Assim, por exemplo, atendidas determinadas condições, seria considerada como bagagem a mobília da residência de um viajante que esteja se transferindo definitivamente para o Brasil.

São considerados como bagagem, por exemplo:

  • roupas e outros artigos de vestuário;
     
  • artigos de higiene, beleza ou maquiagem;
     
  • calçados;
     
  • livros, folhetos e periódicos;
  • ferramentas, máquinas, aparelhos e instrumentos necessários ao exercício de sua profissão, arte ou ofício, individualmente
     

Os bens trazidos do exterior importados ou exportados pelo viajante e que estejam incluídos no conceito de bagagem classificam-se em  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/BagagemAcompanhada.htm" rel="nofollow -  e  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/BagagemDesacompanhada.htm" rel="nofollow - .

O tratamento tributário da  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/BagagemAcompanhada.htm" rel="nofollow -  é diferente daquele dispensado à  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/BagagemDesacompanhada.htm" rel="nofollow - .

Referência

http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/ConceitoBagagem.htm" rel="nofollow -


Brasileiro ou estrangeiro residente no Brasil que permaneceu no exterior por mais de um ano, 

Além da  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/IsenTribBagagem.htm" rel="nofollow - , que é concedida a qualquer viajante, o brasileiro ou o estrangeiro residente no País, que tiver permanecido no exterior por período superior a um ano e retornar em caráter definitivo, tem direito também à isenção relativa aos seguintes bens, novos ou usados:

  • Móveis e outros bens de uso doméstico; e
     
  • Ferramentas, máquinas, aparelhos e instrumentos, necessários ao exercício de sua profissão, arte ou ofício  individualmente considerada (deve ser comprovada a atividade desenvolvida pelo viajante no exterior).


Bagagem Acompanhada

Bagagem acompanhada é o conjunto de bens incluídos no  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/ConceitoBagagem.htm" rel="nofollow - , que o viajante porta consigo, no mesmo meio de transporte em que viaje 

São  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/IsenTribBagagem.htm" rel="nofollow -  os seguintes bens integrantes de bagagem acompanhada de viajante procedente do exterior:

  • Roupas e outros objetos de uso ou consumo pessoal;
     
  • Livros, folhetos e periódicos; e
     
  • Outros bens, observados simultaneamente os limite de valor global (cota de isenção) e quantitativos:

Quando o viajante ingressar no País por via aérea ou marítima

Limite de valor global até US$ 500.00,; e

Todo viajante que ingressa no Brasil, inclusive os tripulantes, qualquer que seja a via de transporte, e que tenha bens a é obrigado a se dirigir ao setor BENS A DECLARAR apresentar à fiscalização aduaneira a  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/DBA.htm" rel="nofollow - . Os bens trazidos do exterior como bagagem acompanhada e que excederem a "cota de isenção" deverão ser relacionados na DBA. A esses bens aplica-se o  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/RegTribEspBagagem.htm" rel="nofollow - , que sujeita o viajante ao pagamento do imposto de importação, calculado à alíquota de 50% sobre o valor excedente à "cota de isenção".

A fim de facilitar o cálculo do imposto, o viajante deve apresentar a fatura ou nota de compra, constando o valor de aquisição dos bens no exterior. Na falta desse documento ou no caso da sua inexatidão, o valor dos bens é determinado pela fiscalização aduaneira.


Bagagem desacompanhada 

Bagagem desacompanhada é o conjunto de bens incluídos no  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/ConceitoBagagem.htm" rel="nofollow - , que chega do exterior ou a ele se destina, amparado por conhecimento de carga ou documento equivalente, que o viajante recebe ou envia, em razão da sua viagem, como remessa postal, encomenda expressa, encomenda aérea ou qualquer outro meio de transporte.

São isentos os seguintes bens integrantes de bagagem desacompanhada:

  • Roupas e bens de uso pessoal, desde que usados;
     
  • Livros, folhetos e periódicos.

Os  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/ViajanteSituacaoEspecial.htm" rel="nofollow -  podem ainda ter direito a outras isenções, conforme o caso.

Aos demais bens enviados ao País como bagagem desacompanhada, aplica-se o  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/RegTribEspBagagem.htm" rel="nofollow - , sujeitando o viajante ao pagamento do imposto de importação, calculado à alíquota de 50% sobre o valor total dos bens, sem direito à  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/IsenTribBagagem.htm" rel="nofollow - A fim de facilitar o cálculo do imposto, o viajante deve apresentar a fatura ou nota de compra, na qual conste o valor de aquisição dos bens no exterior. Na falta desse documento ou no caso da sua inexatidão, o valor dos bens é determinado pela fiscalização aduaneira.

São submetidos ao  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/RegImpCBagagem.htm" rel="nofollow -  os bens integrantes de bagagem desacompanhadas que:

    1. cheguem ao País fora do prazo de três meses anteriores ou até seis meses posteriores à chegada do viajante; ou
    2. não forem provenientes dos países de estada ou procedência do viajante.

Sobre os bens que integrem bagagem desacompanhada, que forem submetidos ao regime comum de importação e que estiverem sujeitos a tributação incide, ainda, uma multa de 20% sobre o valor do imposto de importação devido.

Legislação de Referência


Despacho Aduaneiro Simplificado


Para Bagagem Desacompanhada

O despacho aduaneiro simplificado é processado com base em declaração simplificada de exportação ou importação, formulada pelo exportador ou importador


pastedGraphic.pdf

Despacho Simplificado com Registro no Siscomex


Entre as operações possíveis de serem realizadas por meio de DSE ou DSI eletrônicas encontram-se:

  • Na exportação: mercadorias cujo valor total seja igual ou inferior a US$ 50,000.00; exportação temporária; e  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/BagagemDesacompanhada.htm" rel="nofollow - .
  • Na importação: mercadorias cujo valor total seja igual ou inferior a US$ 3,000.00; doações; admissão temporária; e  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/BagagemDesacompanhada.htm" rel="nofollow - .

No caso de exportação ou importação eventual, realizada por pessoa física, como, por exemplo, no caso de  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/viajantes/BagagemDesacompanhada.htm" rel="nofollow - , a DSE ou DSI pode ser elaborada ou transmitida por servidor aduaneiro da Unidade da SRF onde for processado o despacho aduaneiro. Nesse caso, não é necessário que o interessado providencie  http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/ProcAduExpImp/HabUtilSiscomex.htm" rel="nofollow - .


pastedGraphic_1.pdf

Despacho Simplificado sem Registro no Siscomex


O despacho aduaneiro simplificado pode ser realizado sem registro no Siscomex, por meio dos formulários para declaração simplificada de exportação ou de importação (DSE-Formulário e DSI-Formulário), constantes dos anexos da  http://www.receita.fazenda.gov.br/Legislacao/Ins/2006/in6112006.htm" rel="nofollow - - , nas situações previstas nos arts. 4º e 31 dessa mesma instrução normativa.

Referência

http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/ProcAduExpImp/DespAduSimplific.htm" rel="nofollow -


Isso é o que diz a Receita Federal, espero que ajude a sanar dúvidas daqueles que pretendem trazer compras do exterior, a chance de passar com uma bateria sem ser tributado é minima, chama muita atenção, mas peças menores dentro da bagagem podem passar!


Ter a nota fiscal na hora ajuda a pagar o imposto correto, se não tiver o fiscal vai checar o preço na internet, e não pense que ele fará pesquisa de preço!


Abraços



Aguinaldo Monteiro




Respostas:
Postado Por: JoaoVitorSA
Data de Publicação: 27/01/12 as 23:06
Muito bom, o problema que é muito questão de sorte, já vi muita gente que trouxe sem ser parado na alfandega.

-------------
HTML wins


Postado Por: aguimonteiro
Data de Publicação: 27/01/12 as 23:20
Originalmente postado por JoaoVitorSA JoaoVitorSA escreveu:

Muito bom, o problema que é muito questão de sorte, já vi muita gente que trouxe sem ser parado na alfandega.

Claro que é sorte, mas o fiscal não vai ignorar uma pessoa chegando com 3 malas de 32kg, 1 mala de mão e 1 mochila! Uma bateria no case chama atencao, praticamente impossível não ser tributado! Como é sorte escrevi que para minhas compras sempre considero que serei tributado apesar de nunca ter sido e já trouxe muita coisa, jogo de pratos, 2 receivers pro meu home, projetor!
Fui parado semana passada com 1 IPad e o fiscal ignorou minha mochila, só passou minha mala no raio x e não fui tributado!
RealmentE é sorte, mas só conto cinema para aumentar o "lucro" não para tornar a transação vantajosa!


Postado Por: mateus
Data de Publicação: 30/01/12 as 19:49
o lance é sempre pensar em ser taxado, se nao foi : sorte....

flws



-------------
Canal para você tocar bateria do Zero https://www.youtube.com/channel/UCedI0GEr16iBhu44om5fABg


Postado Por: aguimonteiro
Data de Publicação: 31/01/12 as 04:27
Originalmente postado por mateus mateus escreveu:

o lance é sempre pensar em ser taxado, se nao foi : sorte....

flws


Sim, apostar em não ser taxado para ser vantajoso é arriscado! A brincadeira pode sair cara!
Conforme citei para mim a regra é preço do produto + imposto tem que ser 70% ou 80% do preço no Brasil pra valer a pena carregar perder garantia, etc! Se não for tributado melhor ainda! Considerando a cota não é difícil chegar nessa margem!



Postado Por: debatera
Data de Publicação: 01/02/12 as 20:30
Galera, acabei de comprar uma caixa Ludwig(quem quiser ver esta no tópico ludwig as fotos) e foi trazida por uma amiga em uma viagem para orlando, comprei por aqui e mandei  entregar no hotel onde ela estava, curioso é que ela estava com muita bagagem  e foi parada, pediram para ela abrir uma mala onde desconfiaram, perguntaram a ela se tinha computador, ela disse que não( ela tinha em uma mala 3 mac), ela deu um migué no fiscal e abriu a mala onde estava a minha caixa e deixou dos pc de lado, o mesmo viu a caixa e olhou para seus filhos que estavam trazendo um teclado e uma guitarra alem do Rock Band e perguntou rindo, vcs vão montar uma banda, mandou embora sem pagar nada.
Resumindo, os caras pegam no pé de eletro eletrônico e computadores, instrumentos nem tanto, mas tbm não pode abusar, teve uma camarada que trouxe 4 guitarras top, o cara tocava com uma cantora famosa e em excursão para o EUA trouxe varias guitarra, ai os caras pararam e taxaram ele, ainda levou um boi que o fiscal era guitarrista e taxou só uma guita.
Resumindo o resumo, rsrsrsrs, vai da sorte e bom senso, tem gente que quer trazer 3 kit de pratos, 4 caixas, 5 pedais para revender ai a casa cai, trazendo as coisas com bom senso nada acontece, tenho vindo de fora, Kit Sabian HHX, Pedal Duplo Pearl eliminator, caixa Ludwig Black Magic, Baquetas Vater, Fone Vick Firth, banco DW e nunca me pararam, tragou um pouco de cada vez e nunca deu pau. ( só não trouxe uma batera porque é grande d+++, rsrsrs)
Acho que dependendo do caso até vale trazer mesmo sendo taxado, exemplo e é minha caixa, paguei 319 dólares, este valor esta dentro da cota, mas suponhamos que teria outras coisas e pagaria excedente da caixa,  319 $ + 50% 159= 478, fazendo ao dólar de 1,75 (arredondando para +) sairia 836 reais, sem impostos como aconteceu comigo 558 reais, esta caixa na Made in Brazil ( esta R$ 1,700, em media no mercado  R$ 1500 (depende da cotação do dólar na compra), então isso prova que em alguns casos vale a pena ate correr o risco se tiver que pagar impostos.
Fica ai a dica

*edit: Português 


-------------


Postado Por: aguimonteiro
Data de Publicação: 01/02/12 as 23:06
Originalmente postado por debatera debatera escreveu:



Galera, acabei de comprar uma caixa Ludwig(quem quiser ver esta no tópico ludwig as fotos) e foi trazida por uma amiga em uma viagem para orlando, comprei por aqui e mandei  entregar no hotel onde ela estava, curioso é que ela estava com muita bagagem  e foi parada, pediram para ela abrir uma mala onde desconfiaram, perguntaram a ela se tinha computador, ela disse que não( ela tinha em uma mala 3 mac), ela deu um migué no fiscal e abriu a mala onde estava a minha caixa e deixou dos pc de lado, o mesmo viu a caixa e olhou para seus filhos que estavam trazendo um teclado e uma guitarra alem do Rock Band e perguntou rindo, vcs vão montar uma banda, mandou embora sem pagar nada.
Resumindo, os caras pegam no pé de eletro eletrônico e computadores, instrumentos nem tanto, mas tbm não pode abusar, teve uma camarada que trouxe 4 guitarras top, o cara tocava com uma cantora famosa e em excursão para o EUA trouxe varias guitarra, ai os caras pararam e taxaram ele, ainda levou um boi que o fiscal era guitarrista e taxou só uma guita.
Resumindo o resumo, rsrsrsrs, vai da sorte e bom senso, tem gente que quer trazer 3 kit de pratos, 4 caixas, 5 pedais para revender ai a casa cai, trazendo as coisas com bom senso nada acontece, tenho vindo de fora, Kit Sabian HHX, Pedal Duplo Pearl eliminator, caixa Ludwig Black Magic, Baquetas Vater, Fone Vick Firth, banco DW e nunca me pararam, tragou um pouco de cada vez e nunca deu pau. ( só não trouxe uma batera porque é grande d+++, rsrsrs)
Acho que dependendo do caso até vale trazer mesmo sendo taxado, exemplo e é minha caixa, paguei 319 dólares, este valor esta dentro da cota, mas suponhamos que teria outras coisas e pagaria excedente da caixa,  319 $ + 50% 159= 478, fazendo ao dólar de 1,75 (arredondando para +) sairia 836 reais, sem impostos como aconteceu comigo 558 reais, esta caixa na Made in Brazil ( esta R$ 1,700, em media no mercado  R$ 1500 (depende da cotação do dólar na compra), então isso prova que em alguns casos vale a pena ate correr o risco se tiver que pagar impostos.
Fica ai a dica


*edit: Português 



Claro que tem chances de passar sem pagar, eu já trouxe muita coisa, meu set de pratos veio assim, estava na mala da minha esposa, ela foi parada, o fiscal ignorou os pratos e tributou o MacBook Air dela!
Mas tem bastante gente que pergunta se é viável trazer uma bateria, acho que sim, desde que você saiba que o risco de pagar imposto é grande!

Ps: vi as fotos da caixa, parabéns bela caixa, estou indo pra Alemanha e estou pensando em comprar uma Black Beauty pra mim, segue um link:
http://www.cream-music.de/de/Drums-Percussion/Akustik-Drums/Snare-Drums/Messing-Snare-Drums/Ludwig-Black-Beauty-LB417KT-Snare-Drum::10224.html
Mas minha esposa não ta muito feliz com a idéia!


Postado Por: Sehrgio.Batera
Data de Publicação: 01/02/12 as 23:29
Morro de vontade de comprar um Fone  vic firth..mas tenho medo da receita..


-------------
Vendo Jogo de Tambores Sonor Force + Caixa Mapex 14x8 vejam ! http://bit.ly/lmCRRd


Postado Por: aguimonteiro
Data de Publicação: 01/02/12 as 23:50
Originalmente postado por Sehrgio.Batera Sehrgio.Batera escreveu:

Morro de vontade de comprar um Fone  vic firth..mas tenho medo da receita..

Você diz compra pela internet? Se trouxer contigo dificilmente será tributado, pelos correios é sorte, já recebi caixas grandes sem serem tributadas e caixas pequenas que foram!
O calculo do imposto para compras pela internet entregues no Brasil são diferentes, vou montar uma explicativo para essa situação, mas basicamente funciona assim a tributação:
(Preço do produto + frete)60%= imposto
Existe a opção gift/presente, mas só vale se for uma pessoa enviando, não pode ser uma loja o remetente, e o valor total de produto + frete não pode ultrapassar 50 dólares,
Fiz uma simulação rápida aqui
Fone SIH1 US$50,00 + frete US$83,55 = US$133,00 + US$79,80 imposto = US$212,80 se for tributado, o frete fica muito caro, não fiz pesquisa só simulei numa loja que confio que envia padrão Brasil!


Postado Por: Sehrgio.Batera
Data de Publicação: 02/02/12 as 00:03
212,80 dólares  ??? ou seja, compre no Brasil !!!


-------------
Vendo Jogo de Tambores Sonor Force + Caixa Mapex 14x8 vejam ! http://bit.ly/lmCRRd


Postado Por: aguimonteiro
Data de Publicação: 02/02/12 as 00:08
Sim, simulei uma compra numa loja que envia para oBrasil sem pesquisar, só para ilustrar a conta! Pode conseguir um frete mais barato se pesquisar!
Mas se for esse o custo, sim é mais vantajosos comprar no Brasil, chegara antes, sem dor de cabeça, com garantia!


Postado Por: Visitation_One
Data de Publicação: 02/02/12 as 00:27
Com certeza, depois de pagar 1800,00 pelo acabamento Black Oyster Pearl, confirmei a minha opinião anterior. Prefira sempre procurar o produto nacional. No meu caso, como não achei em lugar nenhum do Brasil (já que a venda de celulóides foi proibida, segundo me disseram), não me arrependi nem um pouco.

-------------
See, Danny boy, the old summer is calling


Postado Por: debatera
Data de Publicação: 02/02/12 as 02:52
Originalmente postado por aguimonteiro aguimonteiro escreveu:

Originalmente postado por debatera debatera escreveu:



Galera, acabei de comprar uma caixa Ludwig(quem quiser ver esta no tópico ludwig as fotos) e foi trazida por uma amiga em uma viagem para orlando, comprei por aqui e mandei  entregar no hotel onde ela estava, curioso é que ela estava com muita bagagem  e foi parada, pediram para ela abrir uma mala onde desconfiaram, perguntaram a ela se tinha computador, ela disse que não( ela tinha em uma mala 3 mac), ela deu um migué no fiscal e abriu a mala onde estava a minha caixa e deixou dos pc de lado, o mesmo viu a caixa e olhou para seus filhos que estavam trazendo um teclado e uma guitarra alem do Rock Band e perguntou rindo, vcs vão montar uma banda, mandou embora sem pagar nada.
Resumindo, os caras pegam no pé de eletro eletrônico e computadores, instrumentos nem tanto, mas tbm não pode abusar, teve uma camarada que trouxe 4 guitarras top, o cara tocava com uma cantora famosa e em excursão para o EUA trouxe varias guitarra, ai os caras pararam e taxaram ele, ainda levou um boi que o fiscal era guitarrista e taxou só uma guita.
Resumindo o resumo, rsrsrsrs, vai da sorte e bom senso, tem gente que quer trazer 3 kit de pratos, 4 caixas, 5 pedais para revender ai a casa cai, trazendo as coisas com bom senso nada acontece, tenho vindo de fora, Kit Sabian HHX, Pedal Duplo Pearl eliminator, caixa Ludwig Black Magic, Baquetas Vater, Fone Vick Firth, banco DW e nunca me pararam, tragou um pouco de cada vez e nunca deu pau. ( só não trouxe uma batera porque é grande d+++, rsrsrs)
Acho que dependendo do caso até vale trazer mesmo sendo taxado, exemplo e é minha caixa, paguei 319 dólares, este valor esta dentro da cota, mas suponhamos que teria outras coisas e pagaria excedente da caixa,  319 $ + 50% 159= 478, fazendo ao dólar de 1,75 (arredondando para +) sairia 836 reais, sem impostos como aconteceu comigo 558 reais, esta caixa na Made in Brazil ( esta R$ 1,700, em media no mercado  R$ 1500 (depende da cotação do dólar na compra), então isso prova que em alguns casos vale a pena ate correr o risco se tiver que pagar impostos.
Fica ai a dica


*edit: Português 



Claro que tem chances de passar sem pagar, eu já trouxe muita coisa, meu set de pratos veio assim, estava na mala da minha esposa, ela foi parada, o fiscal ignorou os pratos e tributou o MacBook Air dela!
Mas tem bastante gente que pergunta se é viável trazer uma bateria, acho que sim, desde que você saiba que o risco de pagar imposto é grande!

Ps: vi as fotos da caixa, parabéns bela caixa, estou indo pra Alemanha e estou pensando em comprar uma Black Beauty pra mim, segue um link:
http://www.cream-music.de/de/Drums-Percussion/Akustik-Drums/Snare-Drums/Messing-Snare-Drums/Ludwig-Black-Beauty-LB417KT-Snare-Drum::10224.html
Mas minha esposa não ta muito feliz com a idéia!

KKK, minha esposa tbm não gosta das minhas ideias tbm, mas cale a pena, puta caixa, queria uma desta mais a grana tava curta, agora se tiver algum amigo ou vc  mesmo va para o EUA vale mais a pena, dólar mais barato que o euro, mas mesmo em euro é mais barato, sem taxar.


-------------


Postado Por: debatera
Data de Publicação: 02/02/12 as 02:55
Originalmente postado por aguimonteiro aguimonteiro escreveu:

Sim, simulei uma compra numa loja que envia para oBrasil sem pesquisar, só para ilustrar a conta! Pode conseguir um frete mais barato se pesquisar!
Mas se for esse o custo, sim é mais vantajosos comprar no Brasil, chegara antes, sem dor de cabeça, com garantia!

Certas coisas como fone não vale a pena, compre no brasil.


-------------


Postado Por: aguimonteiro
Data de Publicação: 02/02/12 as 03:55
Originalmente postado por debatera debatera escreveu:



Certas coisas como fone não vale a pena, compre no brasil.

Depende se estiver viajando vale a pena comprar fora, comprei um vic firth e 1 beats studio no começo de janeiro em Chicago e tenho certeza que economizei muito, mais vieram na minha mala! O que economizei comprando o vic firth SIH1 "pagou" as outras coisas como jogo de pele, chave de afinação e outras coisas!
A simulação que fiz foi comprando pela internet para entrega no Br., aí não tem cota e tem tributação sobre o valor de entrega"


Postado Por: aguimonteiro
Data de Publicação: 02/02/12 as 04:00
Originalmente postado por debatera debatera escreveu:


KKK, minha esposa tbm não gosta das minhas ideias tbm, mas cale a pena, puta caixa, queria uma desta mais a grana tava curta, agora se tiver algum amigo ou vc  mesmo va para o EUA vale mais a pena, dólar mais barato que o euro, mas mesmo em euro é mais barato, sem taxar.

Normal, to ligado que nos EUA é mais barato, mas EUA só em 2013, to pensando em aproveitar essa ida pra Alemanha mês que vem e comprar lá, ainda mais que essa viagem apareceu de surpresa e sem custos, aí da pra gastar um pouco mais!


Postado Por: urah
Data de Publicação: 02/02/12 as 05:19
Meu irmão ta querendo ir pra alemanha final do ano ... to namorando um kit da meinl classic custom, mais tenho q estudar pra ele trazer o kit pra mim na bagagem ... receita é foda !

-------------
RMV Concept X5 Dark Black Pearl
8",10", 12", 14", 16", 22"
Octagon F Signature | Pearl PowerShifter Eliminator P2002C
Unlock Your Mind !


Postado Por: reis
Data de Publicação: 23/04/12 as 22:56
VOU VER SE UM GRANDE  AMIGO MEU AQUI DAS MINAS GERAIS COMPRE NOS  E.U.A UMA CAIXA ROLAND PDX-8.....CORREREI O RISCO,MAS  VALE A PENA O RISCO...MESMO QUE PAGUE,FICA  MAIS  EM CONTA   QUE NAS LOJAS AQUI ...... 

-------------
YAMAHA Stage Custom
8",10",12"14",20",cx 14"
ZILDJIAN
K Custom Dark hat's 13
k Custom splash 10"
K splash 12"
K Thin Crash 15"
K Medium Thin Crash 16"
K Custom Dry Ride 20"
Wuhan china 18"


Postado Por: Madu
Data de Publicação: 22/05/12 as 02:54



Postado Por: Madu
Data de Publicação: 22/05/12 as 02:55
keria saber se um amigo meu q mora nos eua,mandar um jogo de pratos ,se vou ser taxado?


Postado Por: dwdwdw
Data de Publicação: 02/07/12 as 19:44
É SORTE MEU CARO !!!

fui pra Inglaterra voltei com um roland spd-s um teclado controlador MIDI além de meu amigo tmb q comprou uma guitarra e um macbook e tmb não foi tributado ... não sei , mas pra mim pega mais EUA que outros países ... turquia por exemplo pessoal fez a festa com pratos e nada de combranças extras , mas parabéns pelo tópico é MUITO útil , merece ser fixado ! eu mesmo final do ano que vem penso em ir de novo para o reino unido e esse tópico com certeza irá ajudar !

-------------
procura-se alguem que tenha interesse em trocas-estou interessado em: pads simmons , módulos simmons ,simmons mtm, ensoniq fizmo rack , tama techstar, yamaha dtx multi 12 ,suporte para roland spd-s


Postado Por: danillo_4h
Data de Publicação: 26/07/12 as 16:37
Sempre comprei muito no exterios, mas sempre por sites, ebay, etc... nunca sai do país hehehhe
Para compras online é preciso bem mais sorte, mas com o tempo a gente aprende a avaliar como está as importações, as ações da fiscalização, etc...
O momento por exemplo, é de desestimulo a importações, a fiscalização que é feita por amostragem pequena, está com uma amostra muito maior, bem mais rigor e muito mais taxas, antes ignoravam muita coisa, principalmente pacotes pequenos, acessórios e usados, agora ta praticamente tudo sendo taxado sem dó. Já teve época de passar tudo, ninguém olhar nada e chegar super rápido, mas disseminou muito as compras internacionais pela internet, principalmente de sites chineses, dai além do grande envio de dólares para o exterior deparamos ainda com problemas de falsificações e pirataria, produtos proibidos ou controlados, contrabando, etc...
O negócio é fazer como o autor do tópico disse, considere sempre a taxa.
Ja comprei:
-kit de pratos, pratos avulsos, pads eletrônicos, módulos, pedais, brinquedos, triggers, acessórios eletrônicos, munição de chumbinhos especiais, acessórios de tiro esportivo, peças de automóveis e motos, guitarras, contrabaixos, e até armas de pressão...


-------------
Danillo H.


Postado Por: zébatchá
Data de Publicação: 27/07/12 as 13:04
dae galera
seguinte, com relação a taxação dos produtos... tem alguem aqui que comprou e pagou impostos absurdos?
sei pouco sobre o assunto mas tem gente que fala que o imposto é fixo em 60% e outros que falam que depende do produto, cada produto tem taxas diferentes partindo de 0% até 150%.
Entrei no site da receita no simulador das taxas e coloquei o codigo do produto (acessorios de bateria no caso) e apareceu uma taxa de 26% apenas. Com isso to meio confuso.
Alguem que ja comprou pode explicar melhor sobre os impostos?


Postado Por: danillo_4h
Data de Publicação: 27/07/12 as 13:39
Nunca paguei taxa baixa assim... pode até ser diferenciado, mas eu acho que na hora eles socam o pau la sem dó... Mas além do imposto de importação ainda tem a alíquota de ICMS do estado, esse varia de estado para estado e eu sei que em SP não é cobrado para produtos importados.

-------------
Danillo H.


Postado Por: zébatchá
Data de Publicação: 27/07/12 as 14:30
o simulador é esse http://www4.receita.fazenda.gov.br/simulador/
realmente tem o ICMS, mas mesmo assim a taxa fica no max 45%, ainda bem melhor do que 60% ou 85%. Se for assim, estamos ao menos "amparados" por esse simulador no caso de cobranças absurdas. não é?


Postado Por: quirito
Data de Publicação: 07/08/12 as 04:04
Prezados:
 
Nao quero ensinar a rezar aos sacerdotes, entertanto minha experiencia e a seguinte: 90% das vezes vale sim e muuuuito trazer qualquer coisa de fora...eu sou estrangeiro e moro no pais a mais de 20 anos...pessoalmente procuro nao comprar nada no Brasil..somente roupa, comida e o necessario...o resto trago tudo nas duas viagens que faco par afora do Brasil cada ano. E obvio que nao e possivel trazer um abateria, mais o resto e tranquilo...pedal...baquetas...peles, pratos, etc...o unico cuidado e mostrar que esse e seu instrumento de trabalho. Caso vc possa e possivel realizad uma admisao temporaria (como mostrado no topico)..entretanto para isso vc tem que demosnstrar que ira sair do brasil dentro de certo limite temporal..ou seja se vc nao sai do pais com frequencia isso nao e possivel.
A melhor opcao e sempre que um amigo de fora envie o produto para vc...vc ompra via internet, manda entregar e ele manda paar vc como envio de pessoa a pessoa...o valor do produto nao pode ser muito alto..mais ja mandei e recebi produtos de ate aprox. 500 dolares (limite de importacao)...o bom e que vc pode receber varias e varias encomendas..nao ha limit epaar o numero de recebimentos ...so tomar cuidado com os valores..e nao se preocupem nao ha lei que imepca vc de receber presentes ou bens de terceiras pessoas (difernte de empresa). Sobre esa histir aod 50 US$,,isso so se aplica a PRESENTES..mais o envio q teu amigo que morafora te faz nao precisa ser declarado como presente...
Pessoalmente ja trousse e cansei de caregar pecas para amigos, uma caixa de batera...un jogo de pratos...mais cuidado...eu trago um acoisa a cada vez...nao vou ptarzer por exemplo uma caixa picolo + jogo de pratos + jogo de peles + pedal duplo na mesma viagem...traga no maximo duas coisas...
Sempre ha pessoas amigas ou conhecidos de confianca que viajam periodicamente ao exterior..eu mesmo faco isso duas vezes ao ano...mai stem gente que vai e volta a cada dois mesmes ou mais do que isso..pergunte a eles e tente ver se eles podem trazer alguma peca. garanto que vale a pena...mais na va pedir trazer coisas que chama a atencao ne?....um bumbo 22...um abatera completa...neses cassos so se vc tiver um conhecido com valissa diplomatica..ai e outro aasunto. De resto, a genet tem mesmo que se submeter a ser roubado pelo governo...nad amudou desde o seculo XIII....pelo menso nao nesse sentido.
Outra coisa,,,imagino que todos conhecem eBay...no eBay vc encontra uma varedade incrivel de produtos..por exemplo...pedal demos drive da Pearl por valores de 370 US$ (aprox. 750 R$)...inclusive dentro do valor de importacao !!...veja e compare com os preos ladroes que as lojas cobram no pais...2.000,00 RS$ !!?????....compensa e muito ne?...entao, sempre tem algum amigo ou conhecido viajando e qu epode te fazer esse favor...pessoas que estudam no exterior e que voltam periodicamente...pessoas qu eretornam do mestrado ou doutorado...comerciantes...etc...alguem assim vc deve conhecer...
Nao e possivel trazer coisa de grande volumem...mais vamos convir que pedais e pratos ja e um belissimo exemplo par nao ser roubados no pais...aindamais se vc adquirir pelo eBay de segunda mao...quanto a garantias?...eu pergunto a vcs...alguem ja teve problemas com produtos comprados em lojas no pais e tentou reivindicar a garantia????????......e uma novela em 90% dos casos....vc acaba tendo que arcar com cistos extras, e um tramite burocratico do caramba ...dor de cabeca, perda de temp, etc...entao qual e a do papo da garantia?????...po acaso no pais temos a possibilidade de devolucao do produto antes de 30 dias com a seguridade da devolucao INTEGRAL do seu dinheiro em maos???...aqui parece a Afrca (e olha que ja morei nesse continente e sei o qu edigo)..infelizmente nao adianta reclamar...cad aum tem que fazer sua parte, escrevendo para diputados, senadores, votando da melhor maneira possivel e mudando esse pensamento de que nao devemos participar de politica...pelo contrario..devemos sim e dvemso botar o dedo nessas questoes qu enos afetam.
 


Postado Por: zébatchá
Data de Publicação: 07/08/12 as 04:20
só pra constar... pedi um prato pelo ebay dia 19/07 e hj 06/08 ja chegou, sem taxas e nd!!!
satisfeitissimo!!!!


Postado Por: danillo_4h
Data de Publicação: 07/08/12 as 13:31
como ja foi dito, o simulador sempre dá um valor e na hora é cobrado outro, os famosos 60%. Caso você discorde do valor, no próprio correio você pode recorrer, porém seu recurso volta junto com o produto para a alfândega e dizem que demora pra caramba pra voltar, mas que quase sempre é revisado e realmente abaixa.

-------------
Danillo H.


Postado Por: Guga_25
Data de Publicação: 13/09/12 as 00:48
Pessoal, perdoem minha ignorância, mas tenho uma dúvida bem simples que gostaria de tirar com vocês:

Fiz uma compra numa loja virtual de bateria dos EUA, e o pedido foi enviado hoje, obviamente, endereçado à minha residência.
Como faço para receber a encomenda? Preciso ir aos Correios pagar eventuais taxas de importação, ou o produto chega diretamente na minha casa?

Obrigado pela ajuda e abraços a todos. 


Postado Por: claudiobex
Data de Publicação: 13/09/12 as 00:53
galera...pra compra de sites chineses...a chance de ser tarifado é a mesma de comprar nos EUA?
valeu
abraço


Postado Por: danillo_4h
Data de Publicação: 13/09/12 as 00:54
Originalmente postado por Guga_25 Guga_25 escreveu:

Pessoal, perdoem minha ignorância, mas tenho uma dúvida bem simples que gostaria de tirar com vocês:

Fiz uma compra numa loja virtual de bateria dos EUA, e o pedido foi enviado hoje, obviamente, endereçado à minha residência.
Como faço para receber a encomenda? Preciso ir aos Correios pagar eventuais taxas de importação, ou o produto chega diretamente na minha casa?

Obrigado pela ajuda e abraços a todos. 

-Acompanhe o código de rastreio, vai demorar um pouco mas vai aparecer no sistema dos correios.
Se o produto passar pela alfândega sem taxa, ele vai chegar na sua casa normal, como qualquer encomenda enviada pelos correios, se for taxada os correios vão entregar um aviso de retirada na agência com o valor da taxa a ser paga, dai é só ir lá, pagar na hora e pegar a mercadoria.


-------------
Danillo H.


Postado Por: danillo_4h
Data de Publicação: 13/09/12 as 01:00
Originalmente postado por claudiobex claudiobex escreveu:

galera...pra compra de sites chineses...a chance de ser tarifado é a mesma de comprar nos EUA?
valeu
abraço
Chance um pouco menor, devido ao volume de encomendas, da China é muito maior e de coisas pequenas, então mais fácil de passar batido.


-------------
Danillo H.


Postado Por: Guga_25
Data de Publicação: 13/09/12 as 01:05
Originalmente postado por danillo_4h danillo_4h escreveu:

Originalmente postado por Guga_25 Guga_25 escreveu:

Pessoal, perdoem minha ignorância, mas tenho uma dúvida bem simples que gostaria de tirar com vocês:

Fiz uma compra numa loja virtual de bateria dos EUA, e o pedido foi enviado hoje, obviamente, endereçado à minha residência.
Como faço para receber a encomenda? Preciso ir aos Correios pagar eventuais taxas de importação, ou o produto chega diretamente na minha casa?

Obrigado pela ajuda e abraços a todos. 

-Acompanhe o código de rastreio, vai demorar um pouco mas vai aparecer no sistema dos correios.
Se o produto passar pela alfândega sem taxa, ele vai chegar na sua casa normal, como qualquer encomenda enviada pelos correios, se for taxada os correios vão entregar um aviso de retirada na agência com o valor da taxa a ser paga, dai é só ir lá, pagar na hora e pegar a mercadoria.

Perfeito! Valeu pela ajuda!


Postado Por: bru_oldoni
Data de Publicação: 18/09/12 as 17:07
Originalmente postado por danillo_4h danillo_4h escreveu:

Originalmente postado por claudiobex claudiobex escreveu:

galera...pra compra de sites chineses...a chance de ser tarifado é a mesma de comprar nos EUA?
valeu
abraço
Chance um pouco menor, devido ao volume de encomendas, da China é muito maior e de coisas pequenas, então mais fácil de passar batido.


Ano passado comprei 4 celulares de lá, e passaram batido... demorou uma eternidade, mas chegaram! Big smile


Postado Por: Moisés Reis
Data de Publicação: 18/09/12 as 19:53
Originalmente postado por bru_oldoni bru_oldoni escreveu:

Originalmente postado por danillo_4h danillo_4h escreveu:

Originalmente postado por claudiobex claudiobex escreveu:

galera...pra compra de sites chineses...a chance de ser tarifado é a mesma de comprar nos EUA?
valeu
abraço
Chance um pouco menor, devido ao volume de encomendas, da China é muito maior e de coisas pequenas, então mais fácil de passar batido.


Ano passado comprei 4 celulares de lá, e passaram batido... demorou uma eternidade, mas chegaram! Big smile

Já comprei um MP4 lá, na época que estavam na moda hehehe
E dei azar, cobraram R$ 70,00. Mas isso a uns 5 ou 6 anos atrás...

E demorou muito também, e veio com defeito, tive que mandar de volta... No final das contas demorou uns 3 meses para eu ficar com o aparelho LOLLOL

Mas foi um caso isolado de azar, fui bem atendido de qualquer forma.



Postado Por: danillo_4h
Data de Publicação: 18/09/12 as 23:26
Eu compro sempre do exterior, bem melhor que comprar aqui no Bostil onde mais da metade é imposto, podem confiar.

-------------
Danillo H.


Postado Por: Yuri Zitz
Data de Publicação: 24/10/12 as 16:17
Alguém aqui já fez compras internacionais pra receber aqui no Brasil por Fedex? Sai muito caro?
 
Tipo, digamos que eu pague $300 dólares numa caixa Tama Starclassic Bubinga/Maple, que é isento de taxa de importação, mas virá com taxas de serviço de correspondência. Alguém sabe me dizer quanto vai sair? Visto que um produto desses aqui no Brasil está entre 1300 ~ 1500?


Postado Por: Jonatan
Data de Publicação: 24/10/12 as 16:23
Originalmente postado por Yuri Zitz Yuri Zitz escreveu:

Alguém aqui já fez compras internacionais pra receber aqui no Brasil por Fedex? Sai muito caro?
 
Tipo, digamos que eu pague $300 dólares numa caixa Tama Starclassic Bubinga/Maple, que é isento de taxa de importação, mas virá com taxas de serviço de correspondência. Alguém sabe me dizer quanto vai sair? Visto que um produto desses aqui no Brasil está entre 1300 ~ 1500?


Como assim insenta de taxa de importação???


Postado Por: Kerouac
Data de Publicação: 24/10/12 as 16:25
Originalmente postado por Yuri Zitz Yuri Zitz escreveu:

Alguém aqui já fez compras internacionais pra receber aqui no Brasil por Fedex? Sai muito caro?
 
Tipo, digamos que eu pague $300 dólares numa caixa Tama Starclassic Bubinga/Maple, que é isento de taxa de importação, mas virá com taxas de serviço de correspondência. Alguém sabe me dizer quanto vai sair? Visto que um produto desses aqui no Brasil está entre 1300 ~ 1500?
 
Cara, desculpe não responder sua pergunta e ainda te fazer outra pergunta... rs
 
Que história é essa de isenção de taxa de importação? Conte-me mais sobre isso.


Postado Por: Kerouac
Data de Publicação: 24/10/12 as 16:26
Pô, postamos a mesma coisa, Jonatan... rs


Postado Por: Jonatan
Data de Publicação: 24/10/12 as 16:32
Originalmente postado por Kerouac Kerouac escreveu:

Pô, postamos a mesma coisa, Jonatan... rs


AUHAUHAHUAUHAUHAU pode crer!!

------------

Acho que o amigo se enganou... Se está falando da insenção de até 500 dólares, ela não é válida para compras para compras pela internet. Até onde eu saiba, você importando por serviço de transportadora, isto é, não indo lá comprar ou mandando um conhecido trazer, a isenção é de até U$50 apenas...

No caso da caixa, sairia uns U$800 com frete e imposto (uns U$500 incluindo frete + U$300 (60% de imposto no bruto)), o que daria mais de R$1600!!

Abraços!!


Postado Por: Yuri Zitz
Data de Publicação: 24/10/12 as 17:01
Desculpem-me a rateada LOL
Não sabia da diferença entre taxas por compras na internet, achei que fosse parecido e fiz uma suposição errada hehehe.
O jeito é eu fazer alguma compra abaixo dos 500 dólares e pedir pra enviar pra minha prima em Miami que em dezembro ela traz pra mim hehehe.
Obrigado pelas respostas!
Abraço!
 


Postado Por: Kerouac
Data de Publicação: 24/10/12 as 17:45
Originalmente postado por Yuri Zitz Yuri Zitz escreveu:

Desculpem-me a rateada LOL
Não sabia da diferença entre taxas por compras na internet, achei que fosse parecido e fiz uma suposição errada hehehe.
O jeito é eu fazer alguma compra abaixo dos 500 dólares e pedir pra enviar pra minha prima em Miami que em dezembro ela traz pra mim hehehe.
Obrigado pelas respostas!
Abraço!
 
Aí tudo bem, mas a coitada da sua prima não vai poder trazer nada pra ela. Sacanagem... LOL


Postado Por: danillo_4h
Data de Publicação: 24/10/12 as 18:17
Dá pra ela arriscar sim, mais fácil ela passar sem taxa do que a mercadoria vindo pelos correios.

-------------
Danillo H.


Postado Por: Yuri Zitz
Data de Publicação: 24/10/12 as 18:55
Originalmente postado por Kerouac Kerouac escreveu:

Originalmente postado por Yuri Zitz Yuri Zitz escreveu:

Desculpem-me a rateada LOL
Não sabia da diferença entre taxas por compras na internet, achei que fosse parecido e fiz uma suposição errada hehehe.
O jeito é eu fazer alguma compra abaixo dos 500 dólares e pedir pra enviar pra minha prima em Miami que em dezembro ela traz pra mim hehehe.
Obrigado pelas respostas!
Abraço!
 
Aí tudo bem, mas a coitada da sua prima não vai poder trazer nada pra ela. Sacanagem... LOL
Capaz, não tem problema nisso, minha prima não vai trazer nada pois ela mora em Miami, só vai vim visitar a parentada com o marido gringo dela, que vai ser "batizado" no futebol de natal da família Costa no final de ano hehehe. Sempre que dá ela me traz alguma coisa e eu economizo sempre que posso, mas nunca peguei nada pra batera ainda ^^
Abração!


Postado Por: Yuri Barros
Data de Publicação: 03/12/12 as 23:24
Fui TAXADO..............

Comprei esse Hi Hat...............15" New Beat...............Zildjian................played by Hanna Ford............



Paguei U$ 369,94................

Fui TAXADO..............em incríveis R$ 758,24..........................

O pessoal da Menphis Drum Shop foi super legal...................e  esse hi-hat é muito bom.............o melhor que eu já tive...................

Muito bom para tocar o Reggae.................que eu gosto..............o Blues e o Samba................








Postado Por: Yuri Barros
Data de Publicação: 03/12/12 as 23:35
Originalmente postado por Yuri Zitz Yuri Zitz escreveu:

Alguém aqui já fez compras internacionais pra receber aqui no Brasil por Fedex? Sai muito caro?



O meu foi Fedex.......................



Postado Por: guguinet
Data de Publicação: 07/12/12 as 22:02
Bom, vou colocar aqui minhas experiências com compras no exterior:

Aprendi a lição básica: Fazer as contas incluindo todos os impostos e frete, não esquecendo do IOF do cartão de crédito. Se ainda assim ficar abaixo dos preços no Brasil, aí sim faço a compra.

Falo isso porque já arrisquei bastante com equipamento de áudio por exemplo e já levei vantagens em algumas vezes e outras levei prejuízo. Em uma delas, um microfone passou batido, sem ser taxado. Porém veio com defeito, e o concerto foi o preço do imposto. Pra enviar para a loja novamente teria que pagar o frete e ainda arriscava ser taxado no retorno do produto ao Brasil.

Agora em se tratando de uma peça de bateria, arrisquei trazer pelo FEDEX. Não correria o risco de vir pelo correio normal, pois não confio mais neste serviço que um dia foi exemplo no país. Pelo FEDEX funciona da seguinte maneira: Você pode trazer uma batera inteira, como foi meu caso, mas o valor total da encomenda não pode passar de U$3.000,00. Acima deste valor, a encomenda não é mais tradada como importação simplificada, aí acaba sendo necessário contratar um despachante aduaneiro e o preço vai lá pra cima. Bom, no meu caso a batera ficou dentro do limite dos 3 contos. Paguei o frete juntamente com o valor da batera ao vendedor. Tinha feito a conta do imposto incluindo o frete no cálculo (o que diga-se de passagem é uma baita sacanagem). Mas pra minha sorte, o vendedor declarou o frete como "ZERO" como se ele tivesse feito o pagamento e estivesse me dando o frete. O resultado é que paguei o imposto somente sobre o preço da batera. Neste caso, como veio pelo FEDEX e eles entregam em casa, todos os impostos são recolhidos por eles e logicamente eles cobram por este serviço. Como circulam com a mercadoria, você ainda tem que recolher o ICMS (calculado sobre o total, ou seja bitributação na cara). O imposto neste caso é de 60% + ICMS (sobre o total) + Taxa de desembaraço + Taxas. Com isso tudo, o total chega próximo aos 98% de imposto. Aí vem a pergunrta: TÁ, MAS VALE A PENA???
No meu caso valeu, porque a batera ficou mais barata que aqui no Brasil. Chegou em apenas 3 dias do despacho.
Se fosse utilizar o correio comum, teria que apagar apenas os 60% de imposto, mas aí teria que fazer o processo de importação simplificado junto ao correio e o risco de extravio é maior.

Uns meses depois viajei para o exterior e acabei trazendo mais algumas coisas, entre elas uma batera bebop (com bumbo de 18"). Não quis correr riscos de ser taxado com multa, então fiz tudo certinho, declarando os valores e pagando os impostos. O que fiz para reduzir um pouco a carga tributária, foi passar a caixa da batera com a minha esposa, utilizando a cota de isenção dos US 500,00. Então o imposto sobre a caixa foi baixo, já que ela não ultrapassava muito o valor. Trouxe comigo os outros tambores e uma Gibson Les Paul VOS 58 (encomenda). Digo o seguinte: o fiscal meio que ignorou minha batera. Eu não tinha escrito a marca dela na declaração, somente o valor. Mas o fato é que ele não pediu para abrir a caixa com a batera. Agora, com relação a guitarra, o negócio foi bem diferente. Ele fez questão de abrir o case e conhecia bem do assunto. Foi direto no número de série dela. Só não tive problemas porque declarei o valor correto dela. Senão já era. Na loja inclusive, o vendedor falou que não teria problema algum declarar um valor mais baixo (cerca de 1/6 do valor da guitarra). Disse que sempre faz isso.....mas vai saber. Tenho certeza que se tivesse escutado o cara, teria que ter pago a taxa de 50% + 50% de multa sobre o valor da guitarra.
Bom, a batera, para quem quiser trazer como eu fiz, dá pra desmontar os tambores e colocar um dentro do outro, preferencialmente dentro de um case rígido de bumbo. No meu caso foi numa caixa de papelão mesmo, com os tambores dentro de bags. Mas fiquei com um pouco de receio. Felizmente não aconteceu nada. Se a soma das três dimensões da caixa (lado + altura + profundidade) não ultrapassar 158 cm e o peso não ultrapassar 32 kg, então não tem excesso de bagagem (desde que esta caixa entre no lugar de sua 2ª mala). A cada parâmetro que for ultrapassado você tem que pagar o excesso, que nos EUA é de U$150,00. Ou seja, se passar do tamanho e do peso, você morre com U$ 300,00 de excesso. No meu caso, viajei com uma mala somente e voltei com a batera como sendo a segunda mala. Tudo tranquilo.
Bom, é isso aí, desculpem pelo texto longo.

Abraço 


-------------
Aiyra Hand Craft Drums - www.aiyradrums.com.br


Postado Por: paganini
Data de Publicação: 08/12/12 as 04:01
Cara, obrigado pelo relato! Agora me diz uma coisa, quando você faz o pagamento ao Fedex? No ato da entrega? Tem dar em dinheiro vivo?

-------------
Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
Gálatas 6:7


Postado Por: MasterBR
Data de Publicação: 08/12/12 as 06:01
Pra quem mora na fronteira com o Paraguai é tudo bem tentador. Moro a 120km, pessoal vai com frequencia, e isso as vezes atrapalha o comercio local (principalmente com eletronicos).

A receita realmente é um problema, mas em objetos pequenos, nós arriscamos. Minhas 'traias' são todas de la! HAHAHAHA
Perfumes, notebook, bebida, etc etc etc .. se não me engano são aprox 300 dolares de isenção por cabeça, mas o pessoal compra esconde e vem embora!

Um kit AAX sai por 780 dolares!Big smile
O negocio é mocosar e ganhar o chão
uhAUHSuahsuhAS





Postado Por: Yuri Barros
Data de Publicação: 08/12/12 as 06:14
Pagamento Fedex é no ato................eu paguei em dinheiro.................


Postado Por: diegoo
Data de Publicação: 08/12/12 as 13:37
Olha, tenho pelo menos uns 5 conhecidos que foram pra fora compraram guitarra/baixo com case (de mais de $1000), não declararam nada e não foram parados....aqui todo mundo fala que vai ser taxado e tal, não sei como funciona, mas me parece que eles não pegam tão pesado com instrumentos musicais não..


Postado Por: lfpriester
Data de Publicação: 13/12/12 as 03:39
Em julho fui pros EUA trouxe só um HH raw bell de 21" na bag que levei aqui do Brasil na mala, cheguei la, comprei na GuitarCenter e trouxe como BAGAGEM DE MÃO, coloquei debaixo do banco do avião e tudo certo! Não fui taxado nem nada. Ainda fui "selecionado" na alfandega aqui no Brasil pra ver se tinha alguma coisa a ser tributada, mas não identificaram nada. Eu tava com notebook, video game, roupa, muito mais de $500. 

Nunca importei nada via internet..


Postado Por: guguinet
Data de Publicação: 17/12/12 as 20:44
Realmente é uma loteria. Já li relatos de muita gente que trouxe muita coisa e não foi parado e outros que foram taxados de maneira arbitrária (normalmente no Rio ou Manaus). Dizem que SP é um pouco mais tranquilo, mas no meu caso eu não quis arriscar e fiz as contas pagando os impostos.
Sobre a encomenda via FEDEX você paga tudo no ato da entrega, em dinheiro ou cheque.


-------------
Aiyra Hand Craft Drums - www.aiyradrums.com.br


Postado Por: debatera
Data de Publicação: 17/12/12 as 20:56
Originalmente postado por Yuri Barros Yuri Barros escreveu:

Fui TAXADO..............

Comprei esse Hi Hat...............15" New Beat...............Zildjian................played by Hanna Ford............



Paguei U$ 369,94................

Fui TAXADO..............em incríveis R$ 758,24..........................

O pessoal da Menphis Drum Shop foi super legal...................e  esse hi-hat é muito bom.............o melhor que eu já tive...................

Muito bom para tocar o Reggae.................que eu gosto..............o Blues e o Samba................






Gostei mais da mina que do Hit Hat, kkkkk, zueira, belo prato.


-------------


Postado Por: Ariomester
Data de Publicação: 01/02/13 as 09:37
Comprar prato no ebay vale a pena?

Calculando um imposto de 100% no preço + frete vamos supor que desse 50% do valor do mesmo kit de pratos no Brasil. É seguro ou corre risco de chegar prato empenado?

O cálculo acima de 500 dólares é esse mesmo? 100% de imposto para envio do ebay? Isso eu não entendi.

Ou ainda - se eu comprar e mandar um amigo trazer e passar dos 500 dolares na alfandega ele vai ser taxado no valor que exceder, ou no valor total? Por exemplo, vamos supor que dê 800 dolares o total. Ele vai ser taxado nos 300 (+300 dolares de imposto e taxa - 100%) dolares excedentes ou no total de 800 dolares (+800 dolares de imposto + taxa). Fiquei em dúvida.




Postado Por: Maykel
Data de Publicação: 01/02/13 as 14:07
é só ver... se mesmo taxado, o preço for até 70% do que está no Brasil, vale.


Postado Por: guguinet
Data de Publicação: 01/02/13 as 14:33
Veja bem, sobre os 100% de imposto é o seguinte: se você solicitar que o envio seja através do correio americano USPS (correio normal) o imposto é de 60% e não 100%. Já pedi muita coisa nessa modalidade, e na maioria das vezes não tive problema algum. Mas vale lembrar que quando chega no Brasil, quem faz o transporte e entrega é o nosso Correio. Aí já não dá pra garantir muita coisa. Tenho amigos que tiveram suas mercadorias extraviadas. A outra maneira, que é mais cara e segura, é por serviço de courrier (FEDEX, UPS, etc). Neste caso, o imposto de importação também é 60%, porém estas empresas fazem o desembaraço aduaneiro e transportam o produto até a porta da tua casa. Sendo assim, além dos 60% de imposto, você terá que pagar a taxa cobrada pelo serviço de desembaraço aduaneiro, além do imposto de circulação de mercadoria, nosso famoso ICMS. Como o cálculo é de imposto sobre imposto, o total fica perto dos 100%.
Como qualquer mercadoria, os pratos também podem sofrer danos (pelo FEDEX e UPS acho difícil ter problema) e aí acho que análise é caso a caso. Por exemplo, no caso dos pratos, se quebrar, mesmo que você mande cortar o prato para aproveitar o que sobrou, nunca será o mesmo prato que vc comprou. Tem produtos cujo custo de reparo compensam o risco. Outros não.



-------------
Aiyra Hand Craft Drums - www.aiyradrums.com.br


Postado Por: Ariomester
Data de Publicação: 01/02/13 as 19:36
Originalmente postado por Maykel Maykel escreveu:

é só ver... se mesmo taxado, o preço for até 70% do que está no Brasil, vale.

Isso que não entendi.

Por exemplo, um kit de pratos custa 600 dolares, ja com envio pelo Fedex.

Quando vier, vai me custar 1200 dolares, já com impostos e tal. É isso?

Se meu amigo trouxer os 600 dolares e for taxado, vai ser 100 dolares acima do limite (500). Então ele vai pagar mais 100 dolares (o excesso) ou mais 600 dolares (o total)?

Alguém já comprou pratos pelo ebay? Sabe se chegam inteiros? Morro de medo de pedir e chegar prato quebrado, amassado, torto etc. Pedi um livro e ele veio todo dobrado esquisito!! Imagina prato o que o pessoal do correios não faz...


Postado Por: guguinet
Data de Publicação: 01/02/13 as 20:14
Ok, vamos lá:

Se os pratos + frete por FEDEX custar U$600,00, você vai pagar 100% de imposto sobre os 600,00 ou seja, U$ 1.200,00
No caso do seu amigo, depende do que ele vai trazer pra ele. Vamos supor que nada do que ele traga consuma a cota de U$500,00 dele, ou seja, ele teria esse valor de cota disponível. Neste caso, pagaria imposto de 50% somente sobre o que ultrapassar os U$ 500,00. Mas vamos que ele traga uma mercadoria para uso próprio, que já consumiu os U$ 500,00 da cota de isenção. Neste último caso ele pagaria 50% sobre o total dos teus pratos. É o que normalmente as pessoas fazem, até para não comprometer a cota de isenção.
Eu por exemplo, na útlima viagem que fiz, trouxe uma batera pra mim e uma guitarra para um amigo. Usei minha cota de 500 para passar com a bateria e paguei o imposto sobre a diferença. Já sobre a guitarra, como eu já havia usado minha cota, paguei o imposto sobre o valor total dela.

Trocando em miúdos: se teu amigo não se importar de trazer os pratos pra você, sai mais barato do que comprar e mandar entregar no Brasil, pois será na pior das hipóteses, 50% do imposto sobre o valor total dos pratos (sem frete). Já para comprar pelo ebay, você vai pagar 100% sobre o total dos pratos + frete.


-------------
Aiyra Hand Craft Drums - www.aiyradrums.com.br


Postado Por: diegoo
Data de Publicação: 01/02/13 as 20:18
Conselho: Nunca compre via FedEx.... O custo do produto vai sair em torno de 115% o preço que vc pagou (entenda-se: mais caro que no Brasil)... exemplo: prato de $200 + $50 de frete = $250... com o câmbio a 2,00, + IOF do cartão, considere 2,13... isso dá cerca de R$530... Mas com a extorsão do FedEx, eles te cobram mais uns R$600 pelo desembaraço, ICMS, imposto de importação e mais o frete (que vc já tinha pago na compra original!!!!)... ou seja, absurdo, vai dar mais de 1100 reais! Tá certo que ele chega em torno de 1 semana, bem rápido pq é empresa privada.
Melhor maneira: USPS, que quando chega no Brasil é distribuído pelos correios. Nunca tive nenhum problema, vc paga só 60%...
Sobre o problema de extravios e etc, é bastante relativo... qualquer mercadoria em qualquer forma de transporte esta sujeita a isso, então é bem equivocado esse conceito contra os Correios. É bastante relativo, pode-se importar 10 produtos e nenhum com danos que para alguns o correios é a melhor alternativa, agora se chegar um produto com dano o correios é a pior empresa do universo. Portanto não dá pra saber, então vale a pena ressaltar a imparcialidade quanto ao quesito transporte. Vai de cada um, se quer pagar mais por FedEx ou não...

Outra coisa, sobre importar pratos, tá meio que na cara né, po um produto frágil em primeiro lugar não deve ser comprado as cegas e ainda lá do outro lado do mundo. Preste bem atenção quando vc despacha uma mala o jeito que tratam ela. Com prato (ou qualquer outra coisa frágil) não vai ser tão diferente não, mesmo com o adesivo de frágil. Quer comprar, aceite o risco disso.



Postado Por: quirito
Data de Publicação: 02/02/13 as 09:48
Prezado Yuri...vc nao foi taxado !!...vc foi roubado !!!!!...e por isso que e importante as pessoas comecarem a exercer sua cidadania neste pais !!...infelizmente vcs nao sao educados para isso nesyte pais...mais isso nao justifica o que os cidadoes estao acostumados a fazer: simplesmente ficarem dizendo: eu acho um absurdo ou e uma barbaridade, nao concordo, etc !!...leiam!!!!...conhecam as leis !!!...pesquisem seus direitos !!!...a lei e clara ...PARTES DE INSTRUMENTOS tem taxacao abaixo de 50%...por acaso pratos sao um instrumento completo?...nao sao partes de um instrumento??
Nao entendo como vc pode ser taxado nesses valores pelos seus pratos se os impostos para PARTES DE INSTRUMENTOS musicais chegam ao redor dos 25 a 27% no maximo !...vc [or acaso reclamou?...mencionou as leis que regem taxacao de instrumentos?..ou por acaso o agente que taxou vc era um ignorante que considerou PRATOS como um instrumento completo?..ou tal vez estou errado e a tabela da alfandega considera pratos como instrumento completo?...por favor vamos investigasr iss...se for assim esta na hora de um abaixo assinado ensinadno aso legisladores denorantes (aqueles que so sabem o que estudam) que prato de bateria e um aPARTE DO INSTRUMENTO e nao o instrumento musical ... me corrigam se estou equivocado, pois nesse caso estamos fritos...se prato for um instrumento completo entao sim podem ocorrer taxas acima de 50% ...
 
Quantoa servicos currier e outro papo ...FEDEX, DHL, etc cobram caro pelos seu servicos sim...e sobre eles podem incidir impstos mais altos sim...


Postado Por: Yuri Barros
Data de Publicação: 20/04/13 as 18:33
Pois é................eu tinha em mente adquirir mais alguns Pratos que foram tocados por Bateras que eu gosto...........

Pensei em montar meu Set de pratos assim.............mas acho que se tornou um processo inviável..................financeiramente...........

Não pelos Pratos...........pois estão a preços muito acessíveis.....e fácil de comprar pela NET...........

Porém essa Taxa tá pesada demais...........



Postado Por: quirito
Data de Publicação: 20/04/13 as 22:03
Prezado...a taxa nao esta alta demais a taxa esta vergonhosa...e um roubo descarado do Estadon e ninguyem disse nasda pois neste pais vcs foram subjugados a obedecer como se ainda vivessemos sob ditaduras militares ou de extrema izaquerda. So tem um caminho..protestar publicamente, organizar abaixo assinados, cobrar dos sindicatos de musicos, asociacoes de artistas, etc...em outras palavras se organizar para exercer pressao. tem no site do protste ja um abaixo assinado qeu ainda esta aberto para pedir e exigir a reducao de pecas de instrumentos musicais e instrumentos musicais ao governo..veja la e assine !!...vc conhece o endereco eletronuico da associacao de bateras do brasil?...sabe dizer se o sindicato de musicos tem endereco eletronico?. Vamos nos organizar e reivindicar?./


Postado Por: Jövs
Data de Publicação: 26/07/13 as 05:01
Ola Galera do fórum...!!! blzz...?w


Quero saber se hoje em dia ...vale a pena trazer prato dos EUA ?...estou fazendo essa pergunta pq tenho um primo que vai para San Francisco ,CA em novembro....e ele disse que vai poder trazer uns pratos dos EUA...estou olhando direto ...a cotação do dólar.


-------------
''Sensibilidade jazzística é estar sempre tentando improvisar em qualquer música que se toque''


Postado Por: Tiago Quetes
Data de Publicação: 26/07/13 as 05:14
vale MUITO a pena mesmo
com o preco de um zildjian k no brasil, vc compra dois nos eua.


Postado Por: Ariomester
Data de Publicação: 06/08/13 as 21:28
Originalmente postado por Jövs Jövs escreveu:

Ola Galera do fórum...!!! blzz...?w


Quero saber se hoje em dia ...vale a pena trazer prato dos EUA ?...estou fazendo essa pergunta pq tenho um primo que vai para San Francisco ,CA em novembro....e ele disse que vai poder trazer uns pratos dos EUA...estou olhando direto ...a cotação do dólar.

E batera via ebay? Vale a pena?

No caso, bateras que não existem no Brasil, tipo aquelas Ludwigs vintages, Pearl BLX e outras que não se acha facilmente aqui.

Eletrônico via ebay alguém já tentou? Tipo interface de áudio, microfones para estúdio, que são muito mais delicados. Chegam inteiros? 

Nos dois casos, o cálculo é 100% preço + frete? Por exemplo, um microfone de 350 dólares + 50 de frete = 400 dólares. Pagarei o equivalente a 800 dólares, é isso?  Entendi direito?


Postado Por: diegoo
Data de Publicação: 08/08/13 as 00:33
Originalmente postado por Ariomester Ariomester escreveu:

Originalmente postado por Jövs Jövs escreveu:

Ola Galera do fórum...!!! blzz...?w


Quero saber se hoje em dia ...vale a pena trazer prato dos EUA ?...estou fazendo essa pergunta pq tenho um primo que vai para San Francisco ,CA em novembro....e ele disse que vai poder trazer uns pratos dos EUA...estou olhando direto ...a cotação do dólar.

E batera via ebay? Vale a pena?

No caso, bateras que não existem no Brasil, tipo aquelas Ludwigs vintages, Pearl BLX e outras que não se acha facilmente aqui.

Eletrônico via ebay alguém já tentou? Tipo interface de áudio, microfones para estúdio, que são muito mais delicados. Chegam inteiros? 

Nos dois casos, o cálculo é 100% preço + frete? Por exemplo, um microfone de 350 dólares + 50 de frete = 400 dólares. Pagarei o equivalente a 800 dólares, é isso?  Entendi direito?


A conta é a seguinte:

[(PREÇO+frete)*dólar)*1,6

P: O que é 1,6?
R: UM inteiro + 60% imposto importação.

P: E o IOF?
R: O IOF (6,38%) vai antes dos 60%, mas vem deduzido no cartão de crédito. Logo, vc não paga os 60% sobre ele (ufa!).

Obs.: Qualquer compra acima de $500 vc precisa de um despachante aduaneiro. Caso nao tenha, o correios faz isso pra vc. E lá se vai mais R$150,00 (acho que é um valor próximo a isso)


Postado Por: Jövs
Data de Publicação: 15/08/13 as 03:51
É só uns 4 pratos ...e 1 pedal duplo. falei para ir na Guitar Center ou na San Ash.

-------------
''Sensibilidade jazzística é estar sempre tentando improvisar em qualquer música que se toque''


Postado Por: Brucatti
Data de Publicação: 27/08/13 as 03:39
Originalmente postado por Visitation_One Visitation_One escreveu:

Com certeza, depois de pagar 1800,00 pelo acabamento Black Oyster Pearl, confirmei a minha opinião anterior. Prefira sempre procurar o produto nacional. No meu caso, como não achei em lugar nenhum do Brasil (já que a venda de celulóides foi proibida, segundo me disseram), não me arrependi nem um pouco.

A questão da proibição da venda de Celluloid está ligada diretamente por ser um produto altamente inflamável. É claro que as fábricas procuram melhorar o uso de materiais melhores.

O grande problema está no uso da Nitrocelulose. 

No caso do Thiago, onde tive o prazer de restaurar sua Pinguim, o produto usado foram folhas de PVC que se assemelham as celluloids usadas no passado. 

Mas essas folhas perigosas de Nitrocelulose ainda existem, principalmente no mercado asiático. Tomem cuidado com essas folhas. São perigosíssimas.

http://www.brucattidrums.com.br" rel="nofollow - http://www.brucattidrums.com.br


-------------

Brucatti Drums - Distribuidor UFIP no Brasil
www.brucattidrums.com.br


Postado Por: carioca92
Data de Publicação: 25/11/13 as 02:33
comprando no ebay  da  ruim  tendo que pagar  impostos????
na aduana do brasil..............
e  alguem sabe como os cartoes  de credito cobram o dollaR???


Postado Por: Jövs
Data de Publicação: 23/02/14 as 16:39
Estou para comprar um pedal duplo e o preço dele nos EUA ta 399,99 USD e em real está por volta de R$ 941,17 , quero saber quanto vou pagar a mais .

-------------
''Sensibilidade jazzística é estar sempre tentando improvisar em qualquer música que se toque''


Postado Por: carioca92
Data de Publicação: 23/02/14 as 18:19
60%   


Postado Por: Jövs
Data de Publicação: 23/02/14 as 18:41
Originalmente postado por carioca92 carioca92 escreveu:

60%   
valeu por responder...!!! Thumbs Up... será que vale a pena comprar esse pedal nos EUA... sendo que aqui no Brasil ... ele ta 1700 reais... fiz a conta... e este 60% vai dar uns R$ 370,00+o valor do produto que é 942(com o dólar a 2,35)+ e mais a taxa de envio ... acredito que vai sair mais em conta do que comprar aqui...  Qual a sua opinião ?

-------------
''Sensibilidade jazzística é estar sempre tentando improvisar em qualquer música que se toque''


Postado Por: rodtat
Data de Publicação: 02/09/14 as 02:05
Muito bom o tutorial. Eu estou acompanhando um leilão no Ebay de um Zildjian Avedis Flat Ride 18'' segue o link do prato abaixo:

http://www.ebay.com/itm/Zildgian-18-inch-flat-ride-cymbal-2216-grams-/321505197505?pt=LH_DefaultDomain_0&hash=item4adb33fdc1" rel="nofollow - http://www.ebay.com/itm/Zildgian-18-inch-flat-ride-cymbal-2216-grams-/321505197505?pt=LH_DefaultDomain_0&hash=item4adb33fdc1

Por enquanto o meu lance esta ganhando esta em US$26,00. Nunca comprei no Ebay... será que vale apena? E também o anunciante escreveu Zildjian errado, ele escreveu Zidgian, mas o prato que esta na foto é um série Avedis, reconheço pelo torneamento do prato e pela marca da Zildjian perto da borda que é um Avedis. O prato esta em uma cidade chamada Poughkeepsie, New York, bem longe daqui moro em SP, será que vale apena comprar esse prato?


Postado Por: Guga_25
Data de Publicação: 06/11/14 as 07:59
Pessoal, 

Ao contrário do que imaginávamos, o limite para compras com isenção de impostos não é de US$50,00, mas sim de US$100,00. 

Para maiores esclarecimentos, acessem o link abaixo:

http://bjc.uol.com.br/2014/01/30/a-justica-decidiu-compras-abaixo-de-100-dolares-nao-podem-ser-tributadas/

Abraço.




Postado Por: Tomassini
Data de Publicação: 06/11/14 as 17:21
Originalmente postado por Guga_25 Guga_25 escreveu:

Pessoal, 

Ao contrário do que imaginávamos, o limite para compras com isenção de impostos não é de US$50,00, mas sim de US$100,00. 

Para maiores esclarecimentos, acessem o link abaixo:

http://bjc.uol.com.br/2014/01/30/a-justica-decidiu-compras-abaixo-de-100-dolares-nao-podem-ser-tributadas/

Abraço.



Eu já falei diversas vezes em outros tópicos, mas vou repetir aqui também. Não saiam comprando coisas no exterior acreditando nessa história de que a isenção vai até $100. O tema é absurdamente controverso e pra te darem razão você vai ter que entrar na justiça e torcer pro magistrado compartilhar a mesma hermenêutica que proporcionou a jurisprudência noticiada acima.


-------------
"But, Mr. Armstrong, what is this Jazz thing, anyway?"

"Man, if you have to ask what It is, you'll never Know..."


Postado Por: claudiobex
Data de Publicação: 14/09/15 as 15:26
Pessoal, alguem tem comprado nos últimos meses via USPS/correios? (ebay, aliexpress, etc..)

O correios / receita anunciaram mudanças há alguns meses... como estão na prática?

Ainda temos a possibilidade de algum produto vir direto se custar menos de US$ 50 ?

Muito obrigado pelos relatos

abraço




Postado Por: rpresser
Data de Publicação: 14/09/15 as 16:06
tudo balela. Importei um speed king mÊs passado com valor declarado de U$ 50,00 e fui tributado (fiscalização nao invasiva: tipo pela cara, tamnaho e peso do pacote eles te ferram ou não). tive que pagar R$ 167,00 pra retirar o bagulho. sem choro nem vela.
abraço.


-------------
UP THE IRONS!
Viva Bonham!
Curta, ou xingue, no youtube: Banda Bob Jones e PogoBoys


Postado Por: quirito
Data de Publicação: 14/09/15 as 18:14
Prezados:

vejo que muitas pessoas aonda estao sendo lessadas pela uniao !...uma pena e uma vergonha. Tem que reclamar mesmo e fazer valer seus direitos !!!!...tem pessoas relatando que foram taxadas mesmo importando produtos ate a cota de 50,00 US$????....como e possivel?. Nos ultimso 12 meses importei equipamento adquirido no e-bay e/ou enviado diretamente por amigos bateristas desde o exteriro (principalmenet USA). Vejam lista a seguir: Um Metronomo Cherub (e-bay), Duas Rods T-Rock ProMark (e-bay), Quatro Moon Gel (e-bay), Um HeadPhone VicFirth (e-bay), Dois Pear Tillter (enviados por amigo desde L.A-USA), Dois VicFirth Brushes (enviado por amigo desde L.A - USA), Splash Sabian 11 polegadas (Amigo desde L.A. - USA), Dois jogos de parafusos DW de caixa e dois jogos de espumas Cympad (amigo desde New York - USA)....em nenhum caso, nunca fui tributado !!...pois nenhum destes items passava de 50,00 US$ declarados.

Parece-me que aqueles que foram tributados importaram objetos muito volumosos e pesados, todavia a lei e clara...nao depende do tamanho nem do pesso e sim do valor do produto !!!

Queria mesmo que a alfandega compre briga comigo...ai deles se em tributarem. Vcs tem que para de ter emdo de ladroes e fazer vale seus direitos. Vao dar trabalho reclamar?...vai...com certeza...mas eles ja temtaram tributar duas vezes comigo...nas duas demorei meses para ressolver mas eles se ferraram !!...entraram em acoprdo para nao ter que me pagar, pois eu aleguei danos e prejuizos no processo. Vc vai demorara a ressolver...sim !!!...vai precissar de um bom advogado de confianca ??...sim !!!...mas vai rtesolver e eles provavelmenet nunca mais vao achar que vc e um ignorante que nao conhece seus direitos???....sim !!!!.


Postado Por: Tomassini
Data de Publicação: 14/09/15 as 19:22
A isenção de imposto é válida para compras abaixo de US$50 remetidas de pessoa física para pessoa física.
Mesmo assim, a alfândega tem autonomia pra julgar se o item de fato custa o valor declarado ou não.



Imprimir Página | Fechar Janela