Batera.com.br
Fórum Inicial Fórum Inicial > Fóruns Públicos > Variedades (Off-Topic)
  Novas Mensagens Novas Mensagens RSS Feed - Emprestar equipamentos - Como você lida?
  FAQ FAQ  Pesquisar no Fórum   Eventos   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Emprestar equipamentos - Como você lida?

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Pesquisar Tópico Pesquisar  Opções do Tópico Opções do Tópico
Fernando.Soares Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 23/08/13
Localização: Porto Alegre
Status: Desconectado
Pontos: 2297
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Fernando.Soares Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Tópico: Emprestar equipamentos - Como você lida?
    Postado: 01/04/16 as 12:39

Buenas pessoal.

Hoje me deparei com uma noticia curiosa. Uma banda que participaria de 2 shows em tributo ao David Bowie acabou pulando fora da barca.

O motivo: Eles precisavam de instrumentos/equipamentos emprestados para tocar. As outras bandas recusaram em emprestar e tava feita a confusão.

Essa mesma banda que pulou fora postou uma nota dizendo que "Jamais, em toda carreira, se negaram a emprestar equipamentos para outros colegas músicos e bla bla bla".

Mas enfim, quando li a noticia, num primeiro momento eu fiquei indignado pelo fatos das outras bandas se negarem a emprestar equipamento. Mas depois, refletindo melhor, e lembrando por N situações que ja passei, mudei totalmente de opinião.

Na minha cabeça, banda que se considera profissional e vive disso, precisa no minimo garantir sua própria estrutura para poderem apresentar seu trabalho. Ser profissional da musica requer no minimo isso na minha humilde opinião. 

Lembro das inúmeras vezes que fui tocar em festival underground, as vezes somente como banda convidada e muitas vezes como parte da organização, e vir alguém pedir algo emprestado. E pediam de tudo, guitarra, baixo, correia, banco, pedal, caixa... Só nunca me deparei com o absurdo de pedirem prato ou baqueta. Fora isso, ja tive que emprestar de tudo em nome do evento. Mas esse é um ambiente totalmente amador, muitas vezes os bateras me pediam não porque esqueciam de trazer, mas simplesmente porque realmente não tinham o equipamento. E nós bateras sabemos que realmente é muito caro ter um kit completo de bateria. Se for um kit de qualidade então, nem se fala. Acho que nem 50% dos bateras amadores possuem equipamento completo.

Agora quando vamos para o ambiente profissional, eu considero totalmente absurdo uma banda depender de equipamentos emprestados. Que deem um jeito de alugar os equipos em algum lugar, opções não faltam, ainda mais em países desenvolvidos onde os equipamentos custam muito menos do que aqui e os artistas também são bem melhor remunerados do que aqui. Achei uma baita falta de compromisso o fato dessa banda participar desse projeto sem ter uma postura realmente profissional e garantir que todos os seus músicos possam se apresentar com seus devidos equipamentos, sem depender de terceiros.

E vocês? O que vocês acham sobre emprestar equipamentos? Seja no ambiente amador ou profissional.

Abraços!

Voltar ao Topo
Links Patrocinados


Voltar ao Topo
Bolacha Ver Drop Down
Moderadores
Moderadores
Avatar

Cadastrado em: 01/12/04
Localização: Jeonbuk
Status: Desconectado
Pontos: 5060
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Bolacha Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 01/04/16 as 14:21
As únicas vezes que emprestei instrumento foi para uma mesma pessoa, músico qualificadíssimo que tem imenso cuidado com todos os instrumentos (ele toca todos, piano, guitarra, baixo, bateria, etc.). Emprestei um violão para ele gravar um som e recebi o violão de volta com cordas novas e limpo. Emprestei meu pedal duplo para ele treinar e voltou mais bem regulado do que tava antes.

Não dá pra dizer prontamente se emprestaria ou não. Tem que se analisar cada caso. No caso acima, eu emprestei, já no debaixo, recusei:

Há muito tempo, quando tocava em eventos de igreja, aconteceu um festival no qual queriam que eu emprestasse a minha bateria inteira, sem os pratos, mas com todas as ferragens. Prontamente disse que não, daí os organizadores falaram pra eu por um preço de aluguel nela, novamente declinei, não tinha possibilidade de negociar, a não ser que a comprassem de mim. Continuaram argumentando que não ia ter problema emprestar, porque eu iria tocar também no evento e iria estar lá observando o trato dos outros bateristas. Achei a argumentação péssima, até porque quem tem que ver se tem problema ou não sou eu, não eles. No fim usaram a bateria da igreja que ocorreu o evento, que estava lá justamente pra isso 
Voltar ao Topo
hugo_stos Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 20/07/05
Localização: Santos
Status: Desconectado
Pontos: 2893
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar hugo_stos Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 01/04/16 as 15:29
Já emprestei muito equipo, mas foi coisa amadora, pra uma pessoa específica e não pra um evento.

Agora se fosse um evento profissional, pedir equipamento emprestado na hora do evento é uma coisa contraditória: falta profissionalismo na organização do evento ou da banda.
Voltar ao Topo
WMarinho Ver Drop Down
Avançados
Avançados
Avatar

Cadastrado em: 27/02/09
Localização: Minas Gerais
Status: Desconectado
Pontos: 458
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar WMarinho Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 01/04/16 as 16:13
Realmente é complicado, eu não sei se tenho coragem de empresta algum equipo meu, talvez somente para uma pessoa da minha confiança, realmente só passando pela situação.
Mas nesse caso de vários artistas usando o mesmo palco, o evento não poderia "emprestar" os equipos não?

Fernando, lendo isso que você postou me lembrei de um caso "parecido" entre Ultraje e Os Reaplicantes, e também lembro de algo do Black Sabbath em EUA a muito tempo atrás, tenho que achar a matéria!


Segue a Matéria:

O Roger, do Ultraje a Rigor, está reclamando que a sua banda foi maltratada pela equipe dos Rolling Stones, para quem abriram o show no Rio de Janeiro. Ele escreveu em seu Twitter: "Nós somos lixo para eles". Não sei em que condições contratuais o Ultraje fez seu show, não sei se receberam um bom cachê e não posso opinar sobre o tratamento que a banda recebeu, já que eu não estava lá. Mas posso contar uma pequena história sobre a abertura que a banda Os Replicantes fez para o primeiro show do Ultraje a Rigor em Porto Alegre, lá pelos idos de 1986.

Nós (Os Replicantes de então: Wander Wildner, Heron Heinz, Cláudio Heinz e Carlos Gerbase) éramos amigos dos produtores que trariam o Ultraje para tocar no Auditório Araújo Vianna e fomos convidados para fazer a abertura, sem receber cachê, simplesmente pela oportunidade de tocar num lugar bacana, para um grande público ("Inútil", do Ultraje, estava rodando bastante nas rádios, e isso garantia o sucesso do espetáculo). Topamos. Na hora de combinar como seria a infra do palco, a produção disse que poderíamos usar os mesmos amplificadores e a mesma bateria do Ultraje.

Minha bateria, na época, era uma Pinguim pequena e de segunda mão, de quem guardo excelentes recordações, mas que não tinha condições de fazer um show profissional para 5 mil pessoas: pedal de bumbo quase estragado, peles quase furando, estantes de pratos quase caindo e pratos (nacionais) já rachados. Como os pratos e a caixa são equipamentos muito pessoais e sujeitos a avarias, combinamos que, apesar de tudo, eu usaria os meus. Punk rock não tem frescura.

De tarde, fomos passar o som. Tudo normal. Sentei na bateria colocada num praticável e comecei a arrumar meus pratos e a caixa, quando alguém me disse que eu não poderia usar aquela bateria, pois o Ultraje não queria emprestar. Tinham ficado sabendo que eu tinha a mania de detonar e derrubar o instrumento no final do show. Mito. A minha pobre bateria é que caía sozinha às vezes. Expliquei para a produção e para os caras do Ultraje que eu tomaria o máximo cuidado, mas não houve acordo

Faltava menos de uma hora para o show. Não dava tempo para alugar outra bateria. A solução foi pegar meu carro e trazer minha Pinguim velha de guerra, que foi montada na frente do praticável da bateria do Ultraje. Nem o praticável eu pude usar! Lembro do contraste entre a Pinguinzinha, no chão, e aquela bateria enorme e importada sobre o seu praticável. Que merda! Eu me sentia como lixo. Que bom!

Entramos no palco e quebramos tudo (esteticamente falando). Foi um dos shows mais bacanas da história da banda, com direito a muito pogo no fosso do Araújo (que saudade do fosso!). E a Pinguinzinha ali, com seus pratos rachados, suas estantes periclitantes, seu pedal de bumbo arrumado com arame, resistindo bravamente. Tocamos uns quarenta minutos, conforme o combinado, e saímos do palco suados, felizes e com a sensação de termos feito história. Recolhi a Pinguim, botei no porta-malas do meu Chevette (sim, ela cabia inteira no porta-malas) e voltei pra ver o show do Ultraje.

Fazendo sua primeira piada (ou "homenagem") da noite, os quatro músicos do Ultraje entraram no palco pilchados, isto é, de bombacha e com uns lenços ridículos na cintura. Levaram uma das maiores vaias da história do Araújo. O rock é, antes de qualquer coisa, uma música que derruba convenções e estimula a liberdade, e os caras vêm fantasiados de "gaúchos". É dose. Comecei a ver o show, aguentei uns vinte minutos e, percebendo o populismo da banda (o tempo todo querendo "agradar" ao público) fui embora.

Essa é a história. Pena que nunca abrimos para os Rolling Stones. Pena que nunca toquei na Gretsch do Charlie Watts. Mas ainda bem que nunca sentei na bateria do Ultraje a Rigor. Ela não merecia a minha bunda

Editado por WMarinho - 01/04/16 as 16:18
Voltar ao Topo
Larry Mullen Ver Drop Down
Moderadores
Moderadores
Avatar

Cadastrado em: 05/01/04
Localização: Niterói, RJ
Status: Desconectado
Pontos: 7537
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Larry Mullen Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 01/04/16 as 16:40
Eu já emprestei muito. Hoje não mais. Já fiquei sem equipo porque eu emprestava e as pessoas não devolviam, baqueta principalmente. Hoje em dia só empresto se for pra alguém que eu já conheça, fora isso sinto muito, mas trabalhei muito pra ter o que tenho.
U2 theknutz.com
Voltar ao Topo
PedroMc Ver Drop Down
Avançados
Avançados
Avatar

Cadastrado em: 14/02/11
Localização: Batatais-SP
Status: Desconectado
Pontos: 445
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar PedroMc Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 01/04/16 as 18:02
Também já emprestei mas hoje em dia não empresto, mesmo para pessoas que eu conheço. A chance de estragar é muito grande e quem no final acaba prejudicado é o dono do instrumento.
www.myspace.com/bdtremens
www.youtube.com/user/BDTremens
pt-br.facebook.com/pages/Banda-BD-Tremens/101051256679431


Voltar ao Topo
calebecampos Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 23/01/13
Localização: Goiânia
Status: Desconectado
Pontos: 755
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar calebecampos Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 04/04/16 as 20:51
A unica coisa q me vêm à cabeça é o ditador popular dos bateristas: "Prato e baqueta é q nem escova de dente, cada um uso o seu."
Voltar ao Topo
reis Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar

Cadastrado em: 26/06/04
Localização: Bicas-MG
Status: Desconectado
Pontos: 10376
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar reis Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 06/04/16 as 19:55
VOVÓ DIZIA "QUEM EMPRESTA NÃO PRESTA".... QUALQUER DANO A UM EQUIPAMENTO A CULPA É DE QUEM EMPRESTA....SIM, DEPENDENDO DO EVENTO EMPRESTO OU ALUGO...QUANDO VAI TOCAR DUAS BANDAS E A BATERA DA CASA É UMA PORCARIA/MERD@, E A BANDA NA QUAL TOCO É A SEGUNDA/ÚLTIMA EU MONTO A MINHA E NÃO ESQUENTO A CABEÇA DE EMPRESTAR OS TAMBORES,SEM PRATOS E CAIXA...SE ARREBENTAR UMA PELE TROCO,MAS RACHAR UM PRATO...MAS NUNCA TIVE PROBLEMAS NESSE CASO..NÃO TENHO CORAGEM EM ALUGAR MEU INSTRUMENTO,VEJO PELAS BATERAS DE SONORIZAÇÃO...MAS QUANDO ESTOU NA ÁREA, NÃO ME IMPORTO EM DEIXAR O BATERA USAR....E SE POR VENTURA FOR ALUGAR,SÓ INDO MONTAR E DESMONTAR.....ABRAÇÃO...
Voltar ao Topo
DeEpLiKe Ver Drop Down
Avançados
Avançados
Avatar

Cadastrado em: 25/07/06
Localização: Brazil
Status: Desconectado
Pontos: 413
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar DeEpLiKe Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 07/04/16 as 11:24
Cara, é bem complicada essa situaçao...

Eu mesmo ja emprestei bastante coisas, até pratos... Certa vez, emprestei um splash zildjian avedis, quando fui buscar (tive que ir buscar), tava rachado. Demorou um pouco mas pagou. Em outra ocasião, precisei de um kit basico pra tocar, pois havia vendido os meus e ainda nao tinha comprado outro, e fui pedir ao mesmo cara que tinha emprestado o splash, resultado, o cara nao emprestou, inventou desculpas e mesmo sabendo que eu sempre fui super cuidadoso com minhas coisas, negou.

Todo mundo é bom quando vc tem algo a oferecer, agora se vc precisar... FODA-SE

Hoje, como outras pessoas ja falaram, eu empresto minhas coisas a pessoas contadas em dedos de 1 mão, por serem cuidadosas e tb ja terem sido camaradas comigo.

Infelizmente, essa é a liçao que eu tiro disso tudo.

Abraço!

Voltar ao Topo
Douglas Trigo Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar

Cadastrado em: 23/09/07
Localização: Paulínia/SP
Status: Desconectado
Pontos: 6929
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Douglas Trigo Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 07/04/16 as 11:30
Não empresto e não alugo. Seja pra amigo, conhecido ou que for. Meu instrumento minhas regras, se a pessoa encarar como falta de consideração, tudo bem eu também não me importo.


Editado por Douglas Trigo - 07/04/16 as 11:31
Voltar ao Topo
diogomuniche Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 16/09/08
Localização: SBC, São Paulo
Status: Desconectado
Pontos: 1163
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar diogomuniche Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 07/04/16 as 15:11
O problema de emprestar coisas, é o apego que se tem por elas. Por causa de cada centavo investido, e o suor que se teve de ganhar esses centavos para ter suas coisas.

Acredito que a mulecada se precipita ao querer tocar com suas bandas que estão começando e que não tem ainda uma estrutura. Muitos produtores se aproveitam dessas bandas ainda para venda de ingressos e para levar publico em seus eventos. Obviamente que se vc tem uma banda, vc precisa do minimo pra tocar, a guitarra o baixo e o batera tem que ter ferragens, pratos e caixa no mínimo.

É preciso confiar muito na pessoa que vc vai emprestar. Saber que se algo der errado, ela vai assumir as consequências. Geralmente quando alguem precisa de uma ferragem ou banco, empresto de boa. Agora caixa e pratos, é mesmo mais delicado.

Certa vez um batera de uma banda que ja tinhamos feitos vários shows juntos pediu minha caixa, pq estava com o outro musico e ele esqueceu. Td bem, emprestei nao querendo emprestar. E no fim do show, a pele tava toda detonada. Pedi pra ver a baqueta que ele usou, ele tinha usado uma sem ponta. Eu na maior calma, dei bronca e pedi reembolso do valor da pele. O que acabou acontecendo.

E pasmem, tocando com uma banda que tinha um nome ate na cena, o batera pediu baquetas pq estava sem, por conta dos shows seguidos e etc, e era um show acustico então nao vi problema. Nao curtia a banda entao nao fiquei vendo e depois q o show acabou, vi uma fã passando com a minha baqueta. O CARA TINHA DADO A MINHA BAQUETA PRA FÃ. uhaeuhaeuhae Eu não acreditei naquilo.

Mas enfim, são casos e casos.
Voltar ao Topo
rodolfo_alien Ver Drop Down
Avançados
Avançados


Cadastrado em: 12/12/15
Localização: Manuas
Status: Desconectado
Pontos: 302
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar rodolfo_alien Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 08/04/16 as 17:09
Rapaz, questão tensa essa. Mtas histórias aki de gente q se deu mal emprestando. Qdo vc toca em igreja é meio complicado qrer trocar todas as ferragens e pratos se outra banda alem da sua for tocar. Ja compartilhei equipo várias vezes em situações assim. Mas já tive o desprazer de tocar em um evento q o batera q tocaria depois de mim, n levou estante, e me pediu emprestado. Qdo acabou o evento, a organização do evento levou minha estante junto c o restante da batera . No outro dia ainda tive q ir atrás pq precisaria usar... Ja emprestei outras vezes sem prob, mas a chance de dar ruim as vezes n compensa...
Eu pedi ao Rei: Lembre-se de mim! E Ele me deu a vida eterna!
Voltar ao Topo
wilario Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 24/10/04
Localização: São Paulo/SP
Status: Desconectado
Pontos: 2094
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar wilario Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 09/04/16 as 19:59
Equipamento é algo pessoal e intransferível (pelo menos até a venda ou aluguel)!Geek
Só depois de 20 anos tocando fui capaz de ter o equipamento que acho ideal nas minhas condições técnicas/financeiras/logísticas sendo muita coisa garimpada neste site...

Com relação a eventos como no caso do Ultraje/Replicantes, a produção do evento ou artista às vezes impõe exclusividade de uso e aí o "menos-famoso" fica em segundo ou terceiro plano. É parte do "show business".

Via de regra acho que vale o princípio que se eu me esforcei para ter o que é meu, outro também pode pagar o mesmo preço. Mas como tenho "coração mole" poderia acabar cedendo...
Voltar ao Topo
Bruno S.G. Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar
Guru dos Pedais

Cadastrado em: 04/06/09
Localização: Nikity
Status: Desconectado
Pontos: 6927
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (1) Agradecimentos(1)   Citar Bruno S.G. Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 13/04/16 as 15:08
Não empresto mas nem fudendo!
Quer ter banda? Vai comprar instrumento, porra!
Se quiser algo emprestado pra tocar, no máximo, empresto minha caceta pra tocarem uma pra mim.
- @brunoskull
Ñ RESPONDO DÚVIDAS POR MP!!!
My Kits
Voltar ao Topo
calebecampos Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 23/01/13
Localização: Goiânia
Status: Desconectado
Pontos: 755
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar calebecampos Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 14/04/16 as 00:29
Originalmente postado por Bruno S.G. Bruno S.G. escreveu:

...
Se quiser algo emprestado pra tocar, no máximo, empresto minha caceta pra tocarem uma pra mim.
...

LOLLOLLOLLOLLOLLOL
Voltar ao Topo
Bolacha Ver Drop Down
Moderadores
Moderadores
Avatar

Cadastrado em: 01/12/04
Localização: Jeonbuk
Status: Desconectado
Pontos: 5060
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Bolacha Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 14/04/16 as 11:58
Originalmente postado por Douglas Trigo Douglas Trigo escreveu:

Não empresto e não alugo. Seja pra amigo, conhecido ou que for. Meu instrumento minhas regras, se a pessoa encarar como falta de consideração, tudo bem eu também não me importo.

Mentira. Você quis emprestar sua Tama pra mim e a gente nem é amigo.
Voltar ao Topo
diegoo Ver Drop Down
Avançados
Avançados
Avatar

Cadastrado em: 01/03/10
Localização: Curitiba
Status: Desconectado
Pontos: 435
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar diegoo Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 14/04/16 as 12:54
Empresto quando tem duas bandas pra tocar na noite e a casa não tem bateria, mas aí a gente negocia pra outra banda levar os amps, e etc... mas fora isso negativo. Caixa, pedal, pratos, presilha de chimbal, baquetas e até banquinho é uma coisa que todo mundo tem que levar nos shows.
Voltar ao Topo
Douglas Trigo Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar

Cadastrado em: 23/09/07
Localização: Paulínia/SP
Status: Desconectado
Pontos: 6929
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Douglas Trigo Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/04/16 as 08:45
Originalmente postado por Bolacha Bolacha escreveu:

Originalmente postado por Douglas Trigo Douglas Trigo escreveu:

Não empresto e não alugo. Seja pra amigo, conhecido ou que for. Meu instrumento minhas regras, se a pessoa encarar como falta de consideração, tudo bem eu também não me importo.

Mentira. Você quis emprestar sua Tama pra mim e a gente nem é amigo.


 Só queria que alguém regulasse o automático de graça LOL

Voltar ao Topo
 Responder Responder
  Compartilhar Tópico   

Ir para o Fórum Permissões do Fórum Ver Drop Down



Esta página foi carregada em 0.109 segundos.