Batera.com.br
Fórum Inicial Fórum Inicial > Fóruns Públicos > Afinação e microfonacão
  Novas Mensagens Novas Mensagens RSS Feed - Som perfeito, sem fita, sem gel, só afinando!
  FAQ FAQ  Pesquisar no Fórum   Eventos   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Som perfeito, sem fita, sem gel, só afinando!

 Responder Responder Página  123 4>
Autor
Mensagem
 Classificação: Classificação do Tópico: 1 Votos, Média 5.00  Tópico Pesquisar Tópico Pesquisar  Opções do Tópico Opções do Tópico
Éricão Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar
Drum King

Cadastrado em: 21/09/03
Localização: Marília, SP
Status: Desconectado
Pontos: 2895
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (1) Agradecimentos(1)   Citar Éricão Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Tópico: Som perfeito, sem fita, sem gel, só afinando!
    Postado: 15/07/10 as 15:44
Vejo muita gente hoje em dia apelando, e o termo é este mesmo, para fitas, gel e mais um monte de opções que o mercado oferece para abafar os tambores e chegar a um som desejado.

Não sou contra o uso desses acessórios, mas muita gente não sabe os princípios de afinação e simplesmente chega colocando fita e gel em tudo, cobertor até o talo no bumbo pra tentar chegar a algum lugar.

Por isso estou postando pela terceira vez um tópico que fiz já há vários anos, uns quatro pelo menos, sobre afinação. Nas duas primeiras vezes o tópico foi caindo e sumiu, bem, posto ele novamente agora, e se vocês gostarem quem sabe os moderadores fixem-no.

Espero ajudá-los.

Forte abraço!

******* ******* ******* ******* ******* ******* *******

Fala galera!!!

Bom, estou aqui repostando meus artigos sobre afinação, para quem não sabe, esses artigos foram postados no fórum
Batera há mais ou menos um ano atrás sem nenhuma pretensão de minha parte, acabaram virando tópicos fixos e depois sumiram com uma atualização do fórum, eu não os tinha salvado em meu computador, mas graças ao amigo lhorG_evaD, também aqui do fórum, consegui recuperá-los. Estou aqui repostando-os, mas não como estavam antes, divididos em
quatro artigos, agora reuni tudo, reescrevi algumas partes, adicionei outras, fiz novas fotos, todas baseadas na minha bateria pessoal e não mais retiradas da internet, como já disse, posto então tudo reunido, em um só texto.

Nesse novo material procuro não só dizer, mas acima de tudo
explicar o porque de algo ser assim, ou assado, creio que dessa maneira, apesar de extender-me mais, acabo facilitando a compreensão do pessoal.
Acho importante ressaltar uma opinião pessoal, penso que não existe bom baterista sem boa afinação, nem boa afinação sem bom baterista, portanto, não basta apenas cuidar da técnica, tampouco possuir uma bateria top de linha, customizada, de 20 mil dólares e não saber afiná-la.

Obs.: A ordem em que estão às explicações dentro do texto é
intencional, pois a julgo mais didática, acho importante que se leia tudo que coloquei aqui e na ordem em que está, pois há
fundamentos que coloco nos primeiros artigos e não repito nos
outros, pois penso que a pessoa que está aqui lendo já assimilou-os, portanto, não os repito. Esses fundamentos que estão espalhados pelo texto são fundamentais para compreensão das características dos tambores e como conseguir afiná-los.


Entenda o Som Natural do Seu Tambor


Acho que antes de tentar afinar sua bateria é importante ter em
mente qual é o som do seu tambor, o som natural dele, devido ao seu tamanho, pois uma das coisas mais importantes para você realmente saber se achou ou não o tom fundamental, o ponto doce, a afinação natural, ou seja, qual for o nome que você usa para definir qual o é som característico
da peça que está afinando, é conhecendo suas características sonoras. 

A madeira influencia no som, mas como são muitas as qualidades de madeiras, prefiro focar-me apenas no tamanho dos tambores, pois isso já dá ao baterista uma bela noção de qual a característica sonora de seus tambores, mas sugiro que leiam o artigo postado pelo amigo Ricardo Goedert explicando um pouco sobre a característica sonora de algumas
qualidades de madeiras. (http://www.batera.com.br/testes/diferencas_251005.asp

Além dos motivos já citados no começo deste item, também é
importante ter o conhecimento da característica sonora de cada tambor, pois na afinação (e mesmo com uma pele mais grossa ou mais fina, mais aberta ou mais abafada) não dá para sair muito fora da característica sonora do tambor, a pele funciona para o tambor como a maquiagem funciona para as mulheres, ela muda um pouco, mas se a mulher é muito feia, não há o que fazer, portanto se o tambor é agudo, muito grave não há
como deixá-lo.

Vou tomar como padrão para tentar explicar as variantes do tamanho dos tambores um bumbo de 22 x 16, acho que o mais comum entre os kit´s de bateria atualmente. Por motivos didáticos, não influencia o tipo de pele
usada nem a qualidade da madeira, tampouco tipos de aros, etc. Levemos em conta que estamos pensando num mesmo material para todos os exemplos dados, ou seja, foquemo-nos apenas na dimensão e profundidade do tambor.

Primeiramente, que fique claro que quanto maior o diâmetro do
tambor (tamanho da pele), mais grave é seu som, e quanto mais profundo, menos volumoso e mais ressoante, afinal, quanto maior a profundidade, maior o espaço que o som terá de percorrer para ir até a pele de resposta e voltar, com isso, perde-se em volume.

A espessura do casco também influencia o som, quanto mais fino o casco mais ressoa o som do tambores (o casco vibra mais fácil, por isso), quanto mais grosso, mais seco, mas não vou levar em conta nos exemplos a seguir a espessura do casco, retomando, cascos finos soam mais graves e ressoantes e cascos grossos, mais agudos e secos, cascos rugosos absorvem mais os harmônicos e cascos lisos o contrário, tal qual a ação de um abafador interno.

Vamos aos exemplos quanto à diferença sonora em relação à
profundidade:
 
Tamanho:      22 x 14
Tom:              Tom padrão
Ressonância: Ressonância menor que o bumbo de 22 x 16.
Volume: 
Volume maior que o bumbo de 22 x 16       

Tamanho:      22 x 16
Tom:              Tom padrão
Ressonância:
Ressonância padrão
Volume:         Volume padrão

Tamanho:      22 x 18
Tom:              Tom padrão
Ressonância:
Ressonância maior que o bumbo de 22 x 16.
Volume:         Volume menor que o bumbo de 22 x 16

Exemplos quanto à diferença sonora em relação ao diâmetro:

Tamanho:      20 x 16
Tom:             
Tom mais agudo que o tom padrão
Ressonância: Ressonância menor que o bumbo de 22 x 16.
Volume:        
Volume padrão      

Tamanho:      22 x 16
Tom:              Tom padrão
Ressonância:
Ressonância padrão
Volume:         Volume padrão

Tamanho:      24 x 16
Tom:             
Tom mais grave que o bumbo de 22 x 16
Ressonância: Ressonância maior que o bumbo de 22 x 16.
Volume:         Volume padrão
    

Portanto se pensarmos em um kit padrão de:

 
  • Tom 12 x 09 
  • Surdo 16 x 16 
  • Bumbo 22 x 16 
  • Caixa 13 x 05
E admitirmos para ele um tom, ressonância e volume padrão, o kit:
  • Tom 14 x 09 (diâmetro de duas polegadas maior que o kit padrão) 
  • Surdo 18 x 16 (diâmetro de duas polegadas maior que o kit padrão) 
  • Bumbo 24 x 16 (diâmetro de duas polegadas maior que o kit padrão) 
  • Caixa 14 x 05 (diâmetro de uma polegada maior que o kit padrão)
Terá um tom mais grave, com a mesma ressonância e volume do kit padrão;

Já o kit:
  • Tom 10 x 09 (diâmetro de duas polegadas menor que o kit padrão) 
  • Surdo 14 x 16 (diâmetro de duas polegadas menor que o kit padrão) 
  • Bumbo 20 x 16 (diâmetro de duas polegadas menor que o kit padrão) 
  • Caixa 12 x 05 (diâmetro de uma polegada menor que o kit padrão)
Terá um tom mais agudo, com a mesma ressonância e volume do kit padrão;
  
Falando da profundidade, o kit:

  • Tom 12 x 11 (profundidade de duas polegadas maior que o kit padrão) 
  • Surdo 16 x 18 (profundidade de duas polegadas maior que o kit padrão) 
  • Bumbo 22 x 18 (profundidade de duas polegadas maior que o kit padrão) 
  • Caixa 13 x 07 (profundidade de duas polegadas maior que o kit padrão)
Terá o mesmo tom do kit padrão, porém com mais ressonância e menos volume do que o kit padrão;
  
Enquanto o kit:

  • Tom 12 x 07 (profundidade de duas polegadas menor que o kit padrão) 
  • Surdo 16 x 14 (profundidade de duas polegadas menor que o kit padrão) 
  • Bumbo 22 x 14 (profundidade de duas polegadas menor que o kit padrão) 
  • Caixa 13 x 03 (profundidade de duas polegadas menor que o kit padrão)
Terá o mesmo tom do kit padrão, porém com menos ressonância e mais volume do que o kit padrão;

Portanto antes de procurar a afinação dos seus tambores, pense em qual é o timbre natural deles, pois uma caixa de 13 x 05 não tem a mesma ressonância de uma de 13 x 03 ou 13 x 07, e não dá, para na afinação, chegar-se muito próximo do timbre natural de um tambor de outro tamanho, mesmo usando-se peles diferentes e afinações diferentes, cada tambor varia em uma gama fechada, para você conseguir que uma caixa de
13 x 07 seja tão seca quanto uma de 13 x 03 você precisa aumentar a afinação, ou seja, apertar mais a pele de batedeira, mas assim você estará trabalhando praticamente fora da gama sonora da caixa e mesmo assim o volume não será igual ao de uma 13 x 03, assim como o inverso é verdadeiro, uma caixa de 13 x 03 nunca terá corpo igual ao de uma 13 x 07, para isso você tem de descer a afinação, ou seja, afrouxar a pele de
batedeira, mesmo assim o som não fica semelhante ao da caixa citada.

Antes de comprar uma bateria procure levar em conta sua pegada, o local em que você toca, o tipo de som que realmente busca em uma bateria, para não levar gato por lebre e não ter que trabalhar com a bateria em uma afinação que foge da gama sonora dos tambores, ou seja, em uma
afinação que não soa natural, nem agradável.
 

Como saber se está na hora de trocar as peles?


Como diz o caipira, "aí vareia"!
A duração de uma pele depende de vários fatores, pegada, tipo da pele, qualidade da porosidade, do filme utilizado entre outros.
A maneira mais óbvia de saber se está na hora de trocar sua pele é quando ela fura, porém há peles que na mão de bateristas que não tocam muito forte podem durar muitos anos sem estourar, mas isso não significa que não é necessário trocá-las.

Geralmente os bateristas trocam de pele apenas quando estas se rasgam, ou perdem a porosidade, mas a verdade é que esse é um risco grande, pois só quem já ficou com uma pele rasgada no meio de uma apresentação sabe como é! Além deste risco, peles usadas não conseguem mais produzir o som para que foram projetadas, e a melhor maneira de identificar isso é verificando a elasticidade do filme da pele, e isso é valido
para qualquer tipo de pele.

Quando nova, a pele tem pouca elasticidade, se você pegar a pele  e olhá-la de lado, verá que ela tem sua superfície perfeita, se sustentá-la com sua mão apoiada ao centro, verá que a deformidade provocada é mínima.

Já uma pele usada, mesmo sem estar com sua porosidade totalmente gasta pode estar comprometida. Se olhando-a de lado for possível identificar uma bolsa, um "afundado", é hora de trocar de pele, sustentando-a com a mão será possível identificar o quando essa pele, que a uma primeira olhada parecia nova, está danificada.

Pele boa:


Pele ruim:








Quando a pele perde sua elasticidade ela perde também sua
característica sonora, e portanto, tem de se subir a afinação para aproximá-la de seu estado original, e esta atitude vai se tornando cada vez mais freqüente, até que a pele chega ao seu ponto máximo, estando no "talo" e não trazendo mais som de qualidade ao tambor.

É recomendável sempre ao início de uma gravação usar peles
relativamente novas, pois com peles muito usadas, ter-se-á um som no início dos trabalhos e outro no final deles. Recomendo usar peles novas, mas já amaciadas, pois as peles demoram um certo tempo até se assentarem definitivamente nos tambores.
 

Bumbo
 

  
Em minha opinião, a assinatura do baterista é a caixa, seguida
do bumbo e depois do chimbal. No entanto, sempre começo a afinar a bateria pelo bumbo, pois apesar dele estar em segundo na minha lista de prioridades, é ele que tem a menor gama em termos de volume e ressonância, visto que o batedor do pedal atinge sempre um local pré- determinado o que já impede grandes variações sonoras quando se trata de escolher o locar a se tocar no tambor, por isso, independente do estilo, o baterista acaba sem muitas opções para o bumbo, que não pode ressoar
demais, não pode ficar com pouco volume, pois senão é encoberto pelo grave do baixo e aí, adeus cozinha.

Por ser tão restrito, prefiro começar com ele.

O bumbo é um dos tambores da bateria, apesar de muitas vezes não se visto assim, e sim apenas como um suporte para os tons ou onde se gera um grave que marca a música junto com baixo.

Bom, esse pensamento não é de todo errado, e o baixo, por mais grave que seja, ressoa, em qualquer nota. Fale para o seu baixista abafar o som do baixo dele, provavelmente ele vai falar que se ele abafar ele vai matar o som, eu penso assim para o bumbo e a bateria em geral também.

Os tambores são feitos para ressoar, é natural isso, é o som do
tambor, são os harmônicos que dão o tempero ao som da bateria, são eles que dão potência, que fazem o som chegar mais longe. Um som abafado em um grande ambiente sem microfonação não vai muito longe, um som com muita ressonância tem um alcance maior.

Pense no bumbo não mais como um suporte para tons, mas como um tambor, que deve ressoar.

Divida-o em três partes, são elas:
  • Casco e parafusos 
  • Pele batedeira 
  • Pele resposta

Vamos afinar esse bumbo?

Bom, retirem do bumbo as peles tanto de resposta, quanto de
batedeira, agora, só com o casco em mãos você vai procurar por barulhos.

Bata no casco com socos, se você ouvir rangidos, provavelmente há parafusos soltos, aperte-os, o tambor deve soar apenas como tambor, deve-se ouvir apenas o som da madeira, ou do material que ele é feito, se encontrar barulhos, solucione-os, pode ser um parafuso solto que você arruma apertando ou uma canoa quebrada que necessite de troca.

Lembre que este procedimento é padrão para todos os tambores, mas não vou repeti-lo aqui, entretanto, quando você for afinar a caixa, tons, surdos, etc. Siga com esse procedimento antes de tudo. Verificado os barulhos, coloque ambas as peles, tanto a de batedeira quanto a de resposta, aperte os parafusos com as mãos, até o máximo que
conseguir, é a partir daí que vamos afinar o tambor. Lembrando que se deve afinar em cruz, independente da quantidade de parafusos de afinação que seu tambor possui, confira abaixo na ilustração como proceder.
 

 
Um bumbo com pele de resposta sem furo soará muito mais
ressonante, e a pele de resposta terá papel muito mais importante na afinação do que quando furada, particularmente adoro bumbo sem furo na pele de resposta, os técnicos de som é que não gostam, pois é mais trabalhoso para microfonar, veremos isso mais a frente. Com a pele de resposta sem furo e se o tambor for fechado, ou seja, não tiver furação para tons, a pressão dentro do tambor será maior, fazendo com que você
reaprenda a usar o bumbo, pois a pressão do pirulito será diferente!

A pele de batedeira vai controlar o ataque do bumbo e a resposta, a ressonância! 

Vamos começar afinando a pele batedeira, vamos tirar do bumbo um som comprimido e seco, ok?

Tente na pele batedeira buscar o som mais grave e com maior kick possível, para isso, parta do zero, e com a pele frouxa vá apertando até que os parafusos fiquem firmes e a pele o mais
solta possível, para o bumbo, não importa se a pele fique muito frouxa, o que importa é que os parafusos fiquem firmes, para que eles não se percam com a vibração do tambor.

Feito isso vamos à pele de resposta, após afinar a batedeira iguale a tensão da pele de resposta e depois de uma apertada a mais, como uma volta em casa parafuso de afinação, sempre batendo no bumbo e ouvindo cada mudança que você faz, é muito importante que se bata no bumbo com o pedal, como se fosse tocar, por isso recomendo que peça para que alguém lhe ajude, pisando no bumbo enquanto você o afina, assim é mais
fácil conseguir o som que procura, afinando-o da posição de quem vai ouví-lo, de frente!

Para um som comprimido e seco, a pele de resposta geralmente fica uma ou duas notas acima da pele de batedeira, ou seja, um
pouco mais apertada, um pouco mais aguda!
Para um som mais aberto e ressoante, comece também pela pele de batedeira, tente nela buscar o som mais agudo e ressoante que lhe agradar, depois parta para a resposta, ela geralmente deverá ficar na mesma tensão que a batedeira.

Lembrando sempre que a pele de batedeira define o kick, o
ataque do tambor e a de resposta a ressonância, o sustain, o decay e o timbre não só do bumbo, como de todos os tambores!

Abafar ou não? A reposta é: precisa ou não? Atualmente temos
diversas peles no mercado, tanto para batedeira quanto para resposta, e somente com a combinação delas já é possível praticamente retirar qualquer som, mas às vezes isso não é possível, não apenas devido às peles, mas muitas vezes devido ao tamanho e material do tambor, sendo às vezes necessário abafar o tambor. Esse abafamento pode ser feito tanto
com um abafador interno que alguns tambores trazem, como com um abafador industrializado, comercializado por algumas marcas de peles nas mais diversas formas, ou por um simples pedaço de pano, ou cobertor. Só é importante lembrar que não se deve exagerar para não matar o som do tambor, pois por mais grave que seja o seu bumbo, ele deve sempre ressoar, ou não produzirá som.

Particularmente, quando necessário, eu abafo utilizando um pedaço de feltro preso entre a pele e o tambor para abafar, começando primeiro pela resposta, e quando necessário, utilizando na batedeira também.
 

Caixa
 

 
Vamos partir para aquele que é considerado como o tambor mais complicado de se afinar, a caixa!

O mesmo princípio dos outros tambores serve para a caixa, afinal, a caixa é um tambor, e os tambores são feitos para ressoar, por isso concentre-se na afinação sem pensar em abafar, pelo menos de início.

A caixa é o tambor mais marcante da bateria, e como, junto com o bumbo, é mais tocado, deve estar em sintonia com ele, ou seja, um bumbo grave e comprimido, bem seco e com bastante kick não combina de forma alguma com uma caixa aguda e ressoante, assim como o contrário é verdade, pelo menos, essa é a minha opinião, mas como no mundo da música a fronteira é a imaginação, crie e invente o seu som a vontade, não
se prenda muito a regras pré-estabelecidas, esse ideal de casamento do som de bumbo e caixa eu adquiri ao longo do tempo, de tanto ouvir e testar combinações diferentes.

Antes de começarmos a afinar, pensemos primeiro porque a caixa é considerada por muitos como, "o mais difícil tambor da bateria a ser afinado"? Bom, o que ele tem de diferente de um surdo, um tom ou um bumbo? Uma esteira, e um dispositivo que a aciona e regula sua tensão!
 

 
Já que esse é o complicador, vamos acabar com ele?

Começaremos retirando a esteira, depois às peles e delas os
abafadores que possam ter sido colocados na tentativa de conseguir um bom som. Ante de mais nada, confira as condições do tambor como já explicado anteriormente, lembrando que as melhores caixas, possuem na borda inferior, uma pequena cavidade próxima à esteira, para que ela possa atuar melhor no som.
 

 
Coloque ambas as peles, tanto a de batedeira quanto a de resposta, aperte os parafusos com as mãos, até o máximo que conseguir, é a partir daí que vamos afinar o tambor!

Já que ela está sem a esteira, podemos confundir a caixa com um tom, um tom raso, mas não deixa de ser um tom, e vamos afiná-la pensando não como caixa, mas sim como tom!

Como já dito, a pele batedeira vai dar o punch, e a de resposta vai definir o tom do tambor!

Comecemos pela pele de resposta, para um som mais grave, procure conseguir com ela a mais baixa, mais grave afinação possível. Para um som mais agudo procure uma afinação mais alta para a pele de resposta, lembrando que quanto mais esticada a pele de resposta mais sensível será o som da esteira. Feito isso vamos agora para a pele de batedeira, para um
som mais ressoante, mais cheio, busque uma afinação mais baixa (grave), para um som mais comprimido e fechado uma afinação mais alta (aguda), o meio termo muitas vezes é a opção mais usada, principalmente quando não vai microfonar a caixa ou quando se usa uma equalização flat e sem compressor e quando se quer conseguir o timbre natural da caixa!
 
Afinado o tambor é hora de colocar o "complicador", a esteira.
Verifique primeiro o estado dela, se houver fios soltos, o ideal é trocar a esteira, mas como nem sempre essa é uma opção viável, se não for possível uma nova esteira, simplesmente arranque o fio solto com um alicate, lembrando que quanto mais fios tiver sua esteira, mais som de esteira sua caixa vai produzir, isso significa um som mais cheio e agradável
aos ouvidos, que soa mais suave, quanto menos fios tiver a esteira, mais ataque e violência terá o som.

Centralize a esteira na pele de resposta, e ajuste o tensionador de modo que, quanto mais apertado, mais cálido e estalado vai ser o som da caixa, e quanto mais solto, mais cheio e vivo será seu som, se realmente a esteira lhe confunde, comece com o meio termo, assim será mais fácil chegar a algum lugar. É normal que a esteira vibre com o toque em outros tambores ou o toque de outros instrumentos como o baixo, se sua meta
durante a afinação for acabar com isso, predisponha-se a gastar muito tempo e não obter resultado desejável, pois isso é normal, em todas as baterias, e esse chiado some no meio do groove, no meio da música.

Abafar ou não? A reposta é: precisa ou não? Segue aqui a mesma regra já citada anteriormente para os outros tambores, adicionando que, se optar por abafar o som da caixa, pode ser usado também um simples pedaço fita adesiva dobrada em forma de sanfona, ou ainda um pedaço de feltro colado à pele batedeira. Só é importe lembrar que não se deve exagerar para não matar o som do tambor, pois uma caixa muito seca, ou
completamente seca como alguns bateristas usam soa agradável acusticamente, mas quando microfonada ela fica com um som morto, é necessário que sua caixa ressoe, por menos que seja, pois isso é o que dá vida a ela, a caixa deve sempre ressoar, ou não produzirá som! 
 

Tom/Surdo
 


 


Finalizando por hora os textos com a intenção de ajudar o pessoal do fórum a afinar suas baterias, vamos afinar agora seus tons e surdos. Depois de afinar o bumbo e a caixa de seu kit, afinar os tons e os surdos não será tarefa complicada. Tons e surdos não merecem atenção especial um em relação ao outro, o que se aplica a um, se aplica ao outro, e em sumo é o
que se aplica à caixa e bumbo.
 
Primeiramente confira as condições do tambor, feito isso coloque ambas as peles, tanto a de batedeira quanto a de resposta, aperte os parafusos com as mãos, até o máximo que conseguir, é a partir daí que vamos afinar o tambor, assim como procedemos até agora!

A pele batedeira vai dar o punch, e a de resposta vai definir o tom do tambor!
 
Repetirei aqui o que já falei anteriormente, comecemos pela pele de resposta, para um som mais grave, procure conseguir com ela a mais baixa, mais grave afinação possível. Para um som mais agudo procure uma afinação mais alta para a pele de resposta. Feito isso vamos agora para a pele de batedeira, para um som mais ressoante, mais cheio, busque uma afinação mais alta (aguda), para um som mais comprimido e fechado uma afinação mais baixa (grave), vale lembrar que tons furados são mais secos que os tons sem furo, assim como surdos com pés são menos ressoantes que surdos suspensos, essa diferença existe e é perfeitamente audível, mas não vai fazer diferença significante na sua afinação, apesar de ser uma boa informação para você.
 


Lembre que até o bag de baquetas, quando preso ao surdo, influi no som final, pois este fica mais abafado, vibra menos, particularmente, em shows eu uso o bag preso ao surdo, mas para gravar não, não gosto que nada altere o som de meus tambores.
 
Para afinar os tons e surdos é muito importante levar em conta o tamanho dos tambores, tanto em largura, quanto em profundidade. Como já dito, quanto mais largo for o tom/surdo (tamanho da pele), mais grave ele será, e quanto mais profundo ele for, mais ressoante e menos volumoso ele soará. É 
importante levar isso em conta junto com o estilo musical e modo como você toca, para que você não tenha que tocar forte ou fraco demais para obter o  tipo de som que você quer.

Abafar ou não? A reposta é: precisa ou não? Vale aqui as regras já citadas anteriormente para abafamento, só é importante lembrar que não se deve exagerar para não matar o som do tambor, pois um tom ou surdo muito  seco, ou completamente seco como alguns bateristas usam, pode soar agradável acusticamente, mas quando microfonado ele fica com um som
morto, os tons e surdos são os tambores menos abafados em geral, os surdos  ainda são um pouco mais abafados pela maioria dos bateristas, isso porque esses são os tambores que menos devem ressoar na bateria na opinião e gosto pessoal de muitos bateras.

Boas peles e um pouco de tempo e dedicação na afinação vão te proporcionar toda a bateria bem afinada sem
nenhum tipo de abafador!
 

Microfonação

Muita gente se pergunta como microfonar, a resposta é simples:
Quanto mais perto o microfone estiver da pele batedeira, mais
definido será o som. Quanto mais próximo do centro da pele estiver o microfone, mais seco será o som. Quanto mais longe estiver o mic da pele, menos definido e mais grave soa o som, eu gosto mais dessa opção, pois penso que assim capta-se com mais eficiência a alma do tambor, o som que se ouve quando se toca a bateria sem mics, o som que o baterista ouve. Se
você não quer tomar um susto com o som que ouvirá quando gravar seu kit de bateria, opte por colocar os mics mais distantes da pele de batedeira, entretanto se for usar e abusar de efeitos na mixagem e pós-produção do disco utilize os mics mais próximos, pois assim os efeitos serão potencializados.

Para bumbos sem furo, procure microfonar com dois microfones, um na batedeira e outro na resposta, assim você consegue pegar tanto o kick da batida do pirulito na pele quanto o grave que se segue a essa batida, se não houver essa possibilidade dê preferência por microfonar na frente do
bumbo, microfonando a pele de resposta, pois se microfonar só a pele de batedeira o bumbo não terá peso algum.

Você pode microfonar sua caixa com um ou dois microfones,
lembrando que se for microfonar com apenas um mic, este deve ser posicionado na pele de batedeira, e nunca a menos de 5,
6 cm da pele, ou você captará os harmônicos da caixa em excesso. 

O uso de dois microfones é útil para dar mais vida à caixa. Por ser um instrumento que depende diretamente da esteira para que seu som característico seja emitido, é legal microfonar a esteira, principalmente se você usa muito de notas fantasmas na caixa e gosta que cada toque, por mais leve que seja possa ser transmitido a quem ouve.

Entretanto, uma caixa com uma afinação impecável fica muito bem registrada com apenas um microfone, a grande vantagem de se usar dois, é ter mais opções para se trabalhar o som da caixa na mixagem do disco.

Penso que os tons e surdos são os tambores em que surgem menos dúvidas na hora de microfonar.
Em geral, vale a regra, quanto mais próximo o microfone estiver da pele batedeira, mais ressoante será o som captado, quanto mais próximo do centro da pele estiver o microfone, mais seco será o som. Quanto mais longe estiver o mic da pele, menos definido e mais grave soa o som captado.

Se você toca muito forte, eu recomendo posicionar os microfones um pouco mais distantes das peles, pois isso produzirá um som mais natural do que se os microfones forem colocados muito colados à pele.

Overs para os pratos. Para microfonar os pratos, usa-se microfones overs, não me aprofundarei em detalhes técnicos para não fugir do assunto principal em foco nem me alongar, mas basicamente, o ideal é posicionar os overs na altura das orelhas do baterista, um de cada lado, pois ali será
captado o som que se ouve ao tocar, e assim não há susto com o resultado final. Há a opção de se microfonar toda a bateria com overs, opção essa muito usada em gigs de jazz, pois é o som mais natural que se pode captar.

Eu também opto pela microfonação com dois overs na altura dos ouvidos do baterista além de um mic para o bumbo, que pode ser tanto dinâmico quanto condenser, pois sem ele o bumbo fica "sumido" com uma microfonação feita apenas com dois overs na altura dos ouvidos.
 
Será que deu pra sanar parte das dúvidas de todos? Bom, qualquer problema sintam-se livre para mandarem-me PM ou tirarem suas dúvidas no e-mail esalutti@yahoo.com.br (esse também é meu MSN).

Há de se lembrar que quando o mic está muito colado na pele
batedeira não há tempo para o grave se espandir, por isso ele não é tão captado, o ideal, para mim é de 4 a 6 dedos de distância da pele, dependendo do microfone.
 
Kit usado:



Bateria Odery Custom
         Tom 14 x 12 (suspenso)
         Surdo 16 x 16 (chão, com pés)
         Surdo 18 x 16 (chão, com pés)
         Bumbo 24 x 17 (sem furação)
         Caixa 14 x 8 (supersensitiva)
 
Abraços

******* ******* ******* ******* ******* ******* *******
Edit
******* ******* ******* ******* ******* ******* *******

Vídeos exemplificando afinações:


Bumbos: Kick com ressonância média. Batedeira quase solta e resposta numa afinação média-baixa, sem abafadores, um pouco de compressor e reverb na mesa

Caixa: Pressão acústica, pouca sobra. Batedeira com afinação alta, resposta numa afinação média-alta, abafada com fita silver-tape por baixo da pele batedeira, largura de uma tira e meia de fita cruzando a lateral da pele, caixa sem compressor na mesa, a fita está fazendo essa função, um pouco de reverb.

Tons: Mesma afinação da caixa, porém sem fita e com um pouco de compressor na mesa, reverb também.
Surdos: Mesma afinação e configuração de mesa que os bumbos.

Obs.: Todos os tambores, incluindo tons e surdos, com microfonação dupla, batedeira e resposta!




Bumbo:
Kick com ressonância média, semelhante ao vídeo anterior. Batedeira quase solta e resposta numa afinação média-baixa, sem abafadores, um pouco de compressor e reverb na mesa

Caixa: Batedeira numa afinação média-alta e resposta numa média. Pouquíssimo reverb na mesa, sem compressão.

Tom: Mesma afinação e mesa da caixa.

Surdos: Mesma afinação e mesa do bumbo.




Bumbo:
Batedeira quase solta e resposta numa afinação média-baixa, me parece estar levemente abafada, um travesseiro ou fita, mas talvez seja o compressor da mesa, pouquíssimo reverb.

Caixa:
A mesma afinação do Torpey. Batedeira numa afinação média-alta e resposta numa média. Pouquíssimo reverb na mesa, sem compressão.

Tons: Batedeira e resposta em afinação média,
pouquíssimo reverb na mesa, sem compressão e com um pouco de equalizador pra levantar os graves.

Surdo: A mesma configuração dos tons.


Gente, esses exemplos aí são apenas para servirem como base, infelizmente não tenho como responder pra galera que quiser saber como tal baterista afina, ou equaliza. Na verdade até dá, mas não posso me comprometer com vocês, pois não teria tempo hábil de responder à todos. Portanto não escrevam pedindo que eu descubra determinada afinação que determinado baterista usou em tal show. No mais estou aberto para dúvidas.


Conto com a compreensão geral!


Abs.



Editado por Pardal - 15/07/10 as 22:05
Voltar ao Topo
Links Patrocinados


Voltar ao Topo
Douglas Trigo Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar

Cadastrado em: 23/09/07
Localização: Paulínia/SP
Status: Desconectado
Pontos: 6912
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Douglas Trigo Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 16:09
 Clap
 
 Digno de matéria de revista mano! Tópico fixado! Mais tarde vou ler com mais calma e aplicar o aprendizado na prática, la na minha batera ehehe!
 
 PS: Que tal gravar uns vídeos com os play alongs do Van Halen em?
 
 Valeu pela publicação!
 
 Abração, Douglas Trigo
Voltar ao Topo
goedert Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar
bateraclube.com.br

Cadastrado em: 20/09/03
Localização: Brazil
Status: Desconectado
Pontos: 40734
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar goedert Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 16:11
Show de bola Ericão.

Posso publicar lá no Batera Clube, na página da "Revista Digital"?

Abraço!
Voltar ao Topo
Éricão Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar
Drum King

Cadastrado em: 21/09/03
Localização: Marília, SP
Status: Desconectado
Pontos: 2895
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Éricão Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 16:18
Originalmente postado por goedert goedert escreveu:

Show de bola Ericão.

Posso publicar lá no Batera Clube, na página da "Revista Digital"?

Abraço!


Ricardo, pode sim, com certeza.

Só vou te fazer dois pedidos:

  1. Espera até amanhã para colocar, pois vou colocar uns vídeos ilustrativos até no máximo hoje à noite;
  2. Coloca meus contatos caso alguém queira tirar alguma dúvida.

Érico Salutti
Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=17319890878769189419&rl=t
Twitter: http://www.twitter.com/esalutti
MSN/e-mail: esalutti@yahoo.com.br

Forte abraço.



Editado por Éricão - 15/07/10 as 16:18
Voltar ao Topo
Helton turcheto Ver Drop Down
Seniors
Seniors


Cadastrado em: 19/05/09
Localização: osvaldo cruz
Status: Desconectado
Pontos: 2456
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Helton turcheto Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 16:31
Ai seu JackD. Éricão!!!!!!
Até que enfim ta voltando hein rs!!!
me lembro qnd entrei no fórum te ter lido esse seu post, aprendi bastante com ele, muito bom msm, bem explicado e tudo mais!!!

.... e o nosso JD ainda tem que rolar rs...

Hugs
Helton Turcheto
Voltar ao Topo
A.Guerra Ver Drop Down
Avançados
Avançados
Avatar

Cadastrado em: 25/02/10
Localização: São Caetano Sul
Status: Desconectado
Pontos: 312
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar A.Guerra Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 16:36
Nossa, que aula hein Ericão Clap
Animal...
Parabéns
Abs
 
 
Voltar ao Topo
Éricão Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar
Drum King

Cadastrado em: 21/09/03
Localização: Marília, SP
Status: Desconectado
Pontos: 2895
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Éricão Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 17:25
Goedert, sobrou um tempo aqui no escritório e já atualizei.

Pode mandar bala!

Depois me passa o link.

Douglas: fixa de novo se possível, atualizei o tópico e ele caiu!

Abs.
Voltar ao Topo
Extreme_Black Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 21/05/05
Localização: Brazil
Status: Desconectado
Pontos: 2480
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Extreme_Black Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 18:45
Lembro de quando vi este tópico na primeira vez (a bastante tempo)

Excelente artigo!
Voltar ao Topo
leoramoniaco Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 14/12/08
Localização: Chapecó SC
Status: Desconectado
Pontos: 1418
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar leoramoniaco Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 19:59
Digno de revista [2]
Chapecó-SC

Pinguim Lover
Voltar ao Topo
ViniFeliciano Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar

Cadastrado em: 09/02/09
Localização: Brasília, DF
Status: Desconectado
Pontos: 5660
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar ViniFeliciano Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 20:42
Já imprimi pra não perder isso de jeito nenhum!

Como disse o Douglas, vou ler com calma do lado da batera depois e colocar em prática!

Ericão destruindo como sempre aqui! Clap

Abs!
Ex-Moderador: Nov. 2009/Fev. 2012
Voltar ao Topo
antonio zambom Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 21/03/04
Localização: Porto Alegre
Status: Desconectado
Pontos: 2577
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar antonio zambom Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 21:17
Genial brother, tópico excelente! 

Valeu

abração
=}
Voltar ao Topo
Bolacha Ver Drop Down
Moderadores
Moderadores
Avatar

Cadastrado em: 01/12/04
Localização: Jeonbuk
Status: Desconectado
Pontos: 4953
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Bolacha Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 23:17
Aee contribuição fudida pros amigos bateras!!

Valeu Ericão!!! Vc é foda demais da conta!
Voltar ao Topo
jefter Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 04/07/09
Localização: Montes Claros
Status: Desconectado
Pontos: 2307
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar jefter Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 23:20
Parabéns véi!!! Otimo tópico!! Digno de Revista [3]
http://twitter.com/jeftercardoso

http://fb.com/jeftermoreira
Voltar ao Topo
Bruno Melo Ver Drop Down
Avançados
Avançados
Avatar

Cadastrado em: 14/07/09
Localização: Sumaré
Status: Desconectado
Pontos: 300
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Bruno Melo Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 15/07/10 as 23:33
Cara tópico excelentee!!
Já coloquei em pratica e ficou ótimo!!
Parabéns!!
Voltar ao Topo
DsC Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 07/03/10
Localização: Salvador
Status: Desconectado
Pontos: 639
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar DsC Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 01:07
Man xinguei em voz alta aqui de emoção
Parabens pelo tópico
Vai figurar em primeiro lugar no google daqui a pouco tenha certeza!
Voltar ao Topo
diogomuniche Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 16/09/08
Localização: SBC, São Paulo
Status: Desconectado
Pontos: 1160
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar diogomuniche Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 02:19
Muitooo bom... vou ler td com calma depois!
Voltar ao Topo
Éricão Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar
Drum King

Cadastrado em: 21/09/03
Localização: Marília, SP
Status: Desconectado
Pontos: 2895
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Éricão Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 02:23
Originalmente postado por Douglas Trigo Douglas Trigo escreveu:

 Clap
 
 Digno de matéria de revista mano! Tópico fixado! Mais tarde vou ler com mais calma e aplicar o aprendizado na prática, la na minha batera ehehe!
 
 PS: Que tal gravar uns vídeos com os play alongs do Van Halen em?
 
 Valeu pela publicação!
 
 Abração, Douglas Trigo

Douglas, obrigado pela atenção dedicada ao meu tópico, creio que dessa vez ele não irá sumir!

Cara... eu até tenho como gravar, mas fica uma BOSTA! Eu não tenho microfone decente para tal...

Esses dias gravei a intro de Fire in The Hole... eu estava começando a tirá-la, acabou que nem terminei...

Olha aqui pra você ver como o som não fica decente:

Voltar ao Topo
Willian Watanabe Ver Drop Down
Moderadores
Moderadores
Avatar

Cadastrado em: 10/09/09
Localização: Inúbia Paulista
Status: Desconectado
Pontos: 1715
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Willian Watanabe Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 04:11
Grande Ericão, sempre fazendo tópicos que verdadeiramente é necessário a todo batera!!!
Muito completo mesmo seu topico cara, ja da pra sentir que tu tem uma puta experiência, to até com medo, de ir ai na tua casa pra fazer um som!!Huahuahauhauhauah
Abração brother a gente vai se falando!!hehe
Ja era seu fã, acabei de ficar mais ainda!hehe
 
Voltar ao Topo
Italo Bruno Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar
ROCKR PRIDE

Cadastrado em: 15/05/07
Localização: São Paulo
Status: Desconectado
Pontos: 3088
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Italo Bruno Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 04:32
Muito bom!
Voltar ao Topo
bernardosagulo Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 23/08/09
Localização: Rio de Janeiro
Status: Desconectado
Pontos: 817
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar bernardosagulo Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 04:52
Não tenho o que falar e se tivesse não saberia como.

Digno de revista [4]

Parabéns Éricão, vc manda muito !!!

abs
UP THE IRONS !
Voltar ao Topo
Larry Mullen Ver Drop Down
Moderadores
Moderadores
Avatar

Cadastrado em: 05/01/04
Localização: Niterói, RJ
Status: Desconectado
Pontos: 7521
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Larry Mullen Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 04:55
Também me lembro da outra vez que você postou! Mas diz ae, como está a sua Odery? É uma das mais lindas do fórum, posta fotos novas!
U2 theknutz.com
Voltar ao Topo
R Paice Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 17/10/09
Localização: São Paulo
Status: Desconectado
Pontos: 1348
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar R Paice Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 08:00
Vou fazer que nem o Vini, vou imprimir e ir na batera colocar isso em prática!
Como disseram, digno de revista!
Parabéns velho, tu manda muito!
Voltar ao Topo
márcio_OsGA Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 09/12/05
Localização: Angra dos Reis
Status: Desconectado
Pontos: 2315
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar márcio_OsGA Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 15:50
Muito bom... se tinha que passar isso pra pdf.. colocandos os videos tb! grande matrial!!
Voltar ao Topo
Éricão Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar
Drum King

Cadastrado em: 21/09/03
Localização: Marília, SP
Status: Desconectado
Pontos: 2895
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Éricão Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 17:11
Hahaha... obrigado aos amigos que responderam elogiando...

Aos que disseram que é digno de revista, fico honrado e aproveito para dizer que sou jornalista formado, e caso algum editor estiver lendo e procurando um jornalista com formação e baterista para escrever, me contate (é sério).

E tem mais... vocês são muito chatos, ficam pedindo isso e aquilo...

Hahahaha...

Tá aqui o .pdf com os vídeos:
http://bit.ly/aQiczW

Voltar ao Topo
Jefferson Merida Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar

Cadastrado em: 07/04/10
Localização: Pindamonhangaba
Status: Desconectado
Pontos: 3299
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Jefferson Merida Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 17:49
Demais, mano. Show de bola. Clap

São posts assim que nos fazem adorar o forum!

Também sou da opinião que não se deve matar o som da batera, é um verdadeiro crime.

Muito obrigado por compartilhar! Thumbs Up
"Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez". Jean Cocteau, artista francês
Voltar ao Topo
Nando Rondelli Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 09/12/07
Localização: São Paulo ,SP
Status: Desconectado
Pontos: 2220
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Nando Rondelli Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 18:59
MUITO bom!
E viva as peles livres de abafamento exagerado rs!

Só uma sugestão: pode ser que alguém confunda a palavra "tom" que você usa pra falar da altura, da nota fundamental, ou como quiser chamar, do tambor, com o "tom" mesmo, o tambor.

Tipo:
Tamanho:      20 x 16
Tom:             
Tom mais agudo que o tom padrão

O cara pode pensar "ah então se meu bumbo é 20", eu tenho que usar um tom (tambor) mais agudo (menor) pra acompanhar".

Sei lá, pode ser viagem minha, e a maioria da galera aqui vai entender certo, mas sempre tem um mais perdido né rs

Parabéns pela materia, bem explicada, bem ilustrada, dá pra ver que foi feito com toda a atençao Clap
Curtindo cada batida imperfeita

Blog: O Devaneio Nú
Voltar ao Topo
bruno75 Ver Drop Down
Avançados
Avançados


Cadastrado em: 14/03/10
Localização: pe
Status: Desconectado
Pontos: 340
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar bruno75 Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 16/07/10 as 21:16
Show de bola, vai ajudar muito. valeu
Voltar ao Topo
márcio_OsGA Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 09/12/05
Localização: Angra dos Reis
Status: Desconectado
Pontos: 2315
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar márcio_OsGA Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 17/07/10 as 16:12
Originalmente postado por Éricão Éricão escreveu:

Hahaha... obrigado aos amigos que responderam elogiando...

Aos que disseram que é digno de revista, fico honrado e aproveito para dizer que sou jornalista formado, e caso algum editor estiver lendo e procurando um jornalista com formação e baterista para escrever, me contate (é sério).

E tem mais... vocês são muito chatos, ficam pedindo isso e aquilo...

Hahahaha...

Tá aqui o .pdf com os vídeos:
http://bit.ly/aQiczW




haaaaaaaaaaa então eu sou chato !!!!!! Cry
valew vo baixar !!!!!!!!Clap
Voltar ao Topo
márcio_OsGA Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 09/12/05
Localização: Angra dos Reis
Status: Desconectado
Pontos: 2315
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar márcio_OsGA Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 17/07/10 as 16:19
Originalmente postado por Nandrummer Nandrummer escreveu:

MUITO bom!
E viva as peles livres de abafamento exagerado rs!

Só uma sugestão: pode ser que alguém confunda a palavra "tom" que você usa pra falar da altura, da nota fundamental, ou como quiser chamar, do tambor, com o "tom" mesmo, o tambor.

Tipo:
Tamanho:      20 x 16
Tom:             
Tom mais agudo que o tom padrão

O cara pode pensar "ah então se meu bumbo é 20", eu tenho que usar um tom (tambor) mais agudo (menor) pra acompanhar".

Sei lá, pode ser viagem minha, e a maioria da galera aqui vai entender certo, mas sempre tem um mais perdido né rs

Parabéns pela materia, bem explicada, bem ilustrada, dá pra ver que foi feito com toda a atençao Clap


mas é "tom" ou "tom tom " que se fala... vai falar que outro nome?
Voltar ao Topo
Éricão Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar
Drum King

Cadastrado em: 21/09/03
Localização: Marília, SP
Status: Desconectado
Pontos: 2895
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Éricão Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 17/07/10 as 21:22
Vários amigos vieram me parabenizar no MSN pelo tópico. Quero agradecer a todos e aproveitar para responder aos que perguntaram pela afinação que uso na minha bateria e pediram pra ouvir alguma coisa que eu tenha gravado com ela.

Uso uma afinação parecida com a do Alex Van Halen, parecida apenas.

Tenho subwoofer agora, minha afinação é a seguinte:

Bumbo: Kick com ressonância média. Batedeira quase solta e resposta numa afinação média-baixa, sem abafadores, pele de resposta fechada quando uso sem sub, quando esta com o subwoofer eu uso uma resposta com furo de 6".

Subwoofer: Batedeira e resposta em afinação média.

Caixa Ludwig Alex Van Halen: Pressão acústica, pouca sobra. Batedeira com afinação alta, resposta numa afinação média-alta, abafada com fita silver-tape por baixo da pele batedeira, largura de uma tira e meia de fita cruzando a lateral da pele.

Caixa 14x8 Luthier Revolution e 14x8 Odery: Batedeira média-alta, resposta média. Esteira 40 fios na Luthier Revolution, bem solta, e na Odery o automático é supersensitivo, esteira bem solta também.

Tons e surdos com a mesma configuração do bumbo.

Vídeos, como já disse, infelizmente eu não tenho muitos. Não tenho equipamento para gravação decente, mas tem dois aqui onde dá pra sacar o som da batera.

Um com ela sem subwoofer, gravado com dois mics de over, e o outro gravado com minha câmera de foto, já com o subwoofer.

Acho que dá pra sacar o som, espero que ajude.

Abs.









Editado por Éricão - 17/07/10 as 21:23
Voltar ao Topo
Bones Ver Drop Down
Avançados
Avançados
Avatar

Cadastrado em: 15/07/10
Localização: Pelotas - Rs
Status: Desconectado
Pontos: 388
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Bones Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 18/07/10 as 19:27
bah grande ajuda p quem ta começando grande trabalho ericao muito obrigado
abraçao
Voltar ao Topo
willyek Ver Drop Down
Iniciantes
Iniciantes


Cadastrado em: 25/01/10
Localização: sc
Status: Desconectado
Pontos: 27
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar willyek Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 28/07/10 as 02:46
meu, ajudou demais, valeeeeeeeeu cara *---*
Voltar ao Topo
Mauri Fernandes Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 13/04/10
Localização: Contagem, MG
Status: Desconectado
Pontos: 1495
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Mauri Fernandes Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 28/07/10 as 03:36
Nunca tinha visto nada tão esclarecedor assim sobre afinação. Muito bom!!!!
Digno de revista [5]
Até mais


Editado por mfsf2010 - 28/07/10 as 03:37

Um dia chego numa odery com config rocker xD
Voltar ao Topo
Éricão Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar
Drum King

Cadastrado em: 21/09/03
Localização: Marília, SP
Status: Desconectado
Pontos: 2895
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Éricão Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 02/08/10 as 20:56
Discussão que só complementa esse tópico: http://batera.com.br/forum/forum_posts.asp?TID=58269&PID=977580#977580
Voltar ao Topo
jonatass Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 05/01/10
Localização: PIUMHI
Status: Desconectado
Pontos: 2845
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar jonatass Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 20/08/10 as 20:50
cara, vc arrebenda nos seus topicos....parabens....mto show!!!!
Voltar ao Topo
Matheus Santana Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar

Cadastrado em: 23/03/10
Localização: Vitória
Status: Desconectado
Pontos: 3315
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Matheus Santana Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 20/08/10 as 21:27

Matéria dígna de revista. Muito bom mesmo! Clap


Abração,

Matheus Santana

Voltar ao Topo
Éricão Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar
Drum King

Cadastrado em: 21/09/03
Localização: Marília, SP
Status: Desconectado
Pontos: 2895
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Éricão Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 20/08/10 as 22:32
Originalmente postado por jonatass jonatass escreveu:

cara, vc arrebenda nos seus topicos....parabens....mto show!!!!


Porra! Valeu Jonatass... fico feliz em ler isso!!!

Posto pouco mas sempre procurando ajudar. Precisando estou aqui pra todos!

Abs.

Voltar ao Topo
duartezinho Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 09/04/09
Localização: Guarulhos
Status: Desconectado
Pontos: 625
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar duartezinho Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 28/08/10 as 20:42
Ericão meu rei, parabéns pelo tópico, muito interessante todo o conteúdo que vc postou !! Ajudou bastante !!

Só queria te perguntar uma coisa que eu achei bem estranha:

Na comparação de tamanhos, ressonância e volume dos tambores, vc colocou que um tambor mais raso (menor profundidade) tem volume maior que um tambor fundo. Não seria o contrário ?

Estou partindo do pressuposto que se um prato é mais grosso, ou seja tem mais massa para vibrar, ele possui um volume maior, mas também requer maior energia/força pra atingir tal volume. O tambor mais fundo também não teria mais massa (madeira no caso) para vibrar ?

Não me encare como um espirito de porco ! iauhauihaiuhaiuahiuahiuahiuahiau
Isso não influencia no trampo que vc fez nesse tópico ! Parabéns novamente !


Voltar ao Topo
bru_oldoni Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar

Cadastrado em: 17/02/10
Localização: Curitiba
Status: Desconectado
Pontos: 3300
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar bru_oldoni Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 28/08/10 as 22:28
aeeeeeeeeeeeeeeeee Ericão, agora eu "curei uma ferida" que eu tinha sobre bateras... a afinação...

agora vai! só toca o barco.

sucesso.

abraço'
Voltar ao Topo
Raone Correa Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 20/09/06
Localização: Brazil
Status: Desconectado
Pontos: 713
Opções da Mensagem Opções da Mensagem   Agradecimentos (0) Agradecimentos(0)   Citar Raone Correa Citar  ResponderResponder Link direto para este Post Postado: 29/08/10 as 02:41
Quebrou tudo!!
Parabens e muito obrigado pelas info's


Voltar ao Topo
 Responder Responder Página  123 4>
  Compartilhar Tópico   

Ir para o Fórum Permissões do Fórum Ver Drop Down



Esta página foi carregada em 0.191 segundos.