Batera.com.br
Fórum Inicial Fórum Inicial > Fóruns Públicos > Bem Vindo(a)!
  Novas Mensagens Novas Mensagens RSS Feed - Esteiras de caixa
  FAQ FAQ  Pesquisar no Fórum   Eventos   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Tópico FechadoEsteiras de caixa

 Responder Responder
Autor
Mensagem
  Tópico Pesquisar Tópico Pesquisar  Opções do Tópico Opções do Tópico
danncruz Ver Drop Down
Seniors
Seniors


Cadastrado em: 21/12/08
Status: Desconectado
Pontos: 594
Link direto para este Post Tópico: Esteiras de caixa
    Postado: 31/05/10 as 19:26
Não sei se postei no lugar certo:

Estava um dia brincando no site da Sonor de montar meu kit, quando me deparei com a escolhe da esteira da caixa. Aí, percebi que não sabia nada sobre isso.

O que eu sei é, basicamente, que existem esteiras de 20 e 36 fios, que possuem volume e ressonancia diferentes, de vários materiais e de espessuras diferentes... Alguém me dá uma luz sobre as propriedades de cada coisa? (bem que podiam fazer um guia né...)


EDIT: Fuçando na net encontrei isso:


Esteira 


1. É importante que o rebaixo do tambor faça com que a esteira se aproxime de modo uniforme a pele de resposta. Se tiver usado esteiras de baixa qualidade, no local onde os fios são soldados pode acontecer de ter protuberâncias ou farpas. Isto pode dar a sensação de que peles de resposta mais finas não são satisfatórias ou produzem prematuramente a quebra das peles. Muitas vezes por este motivo pasa-se a usar peles de resposta mais grossas, No entanto pode-se arriscar a usar as Aquarian Hi-Performance series pela sua construção única, pois sendo mais grossas, protegem melhor, conservando ainda a resposta de uma pele mais fina tipo Médium. 

2. Esteiras são importantes, por isso deve se levar em conta à largura e o material do qual estão feitas. Enquanto você troca a esteira para melhorar o som de sua caixa, esteja certo se realmente é da largura apropriada e se encaixa e prende direito no automático. 

3. O Aço carbono é mais brilhante do que o aço inox, assim como outro material tais como tripa, cobre ou sintético terão menos brilho. 

4. Quanto menos retorcidos os fios, mais articulação e menos volume (Por exemplo, esteiras de cobre) 

5. Esteiras mais largas soam com maior volume porem são tão sensíveis que você perderá o controle das vibrações e zunidos produzidos. Por isto se comprar a mais larga e a esticar ao Maximo para conseguir eliminar os zunidos, melhor ficar com a original. 

6. Esteiras largas com uma separação interna darão um som mais seco, gordo. 

7. Se você tem uma pegada muito forte, chegará num ponto onde não conseguirá incrementar nada ao volume em geral da caixa, pelo contrario soará com menos ataque que com volumes mais moderados. Isto é visto que você estará ouvindo mais o som de "tontom" o "timbales" da caixa, em virtude de estar batendo somente na batedeira. 

8. A resposta da caixa é o lado "excitado" e só conseguirá move-lo quando bater. Por isto, não é trocando esteiras que haverá de conseguir maior volume ou ataque, só depende do jeito que você bate.

Porém algumas coisas ainda não ficaram muito claras pra mim...


Editado por danncruz - 31/05/10 as 19:36
Pratos:

Agean Custom Hi-Hat 14"

Paiste 2002 Splash 10"

Paiste 2002 Crash 18"

Sabian AAX Stage Ride 20"

Bateria RMV Exclusive Maple
Voltar ao Topo
Links Patrocinados


Voltar ao Topo
MNoll Ver Drop Down
Iniciantes
Iniciantes
Avatar

Cadastrado em: 11/06/09
Localização: Não-Me-Toque/RS
Status: Desconectado
Pontos: 55
Link direto para este Post Postado: 01/06/10 as 22:00
Gostei do tópico... Smile
bem que podiam fazer um guia explicando cada tipo de esteira etc....
abç

Voltar ao Topo
netinhogroove Ver Drop Down
Seniors
Seniors
Avatar

Cadastrado em: 25/06/09
Localização: Recife/PE
Status: Desconectado
Pontos: 1664
Link direto para este Post Postado: 01/06/10 as 22:10
Bom topico!!!

Curto o som da caixa com mt esteira por isso uso uma 40 fios......

wlw


Paz e Música


facebook.com/netinho.drums
Voltar ao Topo
danncruz Ver Drop Down
Seniors
Seniors


Cadastrado em: 21/12/08
Status: Desconectado
Pontos: 594
Link direto para este Post Postado: 04/06/10 as 04:16
Perguntei na comunidade "Eu toco bateria" e o Auro Okamoto me disse isso:

"Esteiras são provavelmente o componente mais chato de se mexer em todo o kit. É muito comum você ficar horas mexendo com diversas regulagens e afinações, e quando finalmente consegue "aquele" som que voce queria, quando vai tocar com o kit completo ou com a banda, fica aquele zumbido infernal...
Existem algumas coisas a considerar na esteira além do número de fios:
1. Material. O mais comum é aço cromado, mas existem opções em bronze, bronze fosforado e até folheado a ouro. O que dizem é que o som do aço cromado é mais "frio" e que o do bronze e do aço sem cromação são mais "quentes", mas meu ouvido não chegou a fazer a fazer uma distinção sensível.
2. Clip: É a peça onde os fios são soldados. Basicamente existem dois tipos de clip: um tem perfil em "S" e seu corpo fica paralelo ao plano dos fios. O outro tem um perfil como um "V", bem aberto, e há uma angulação em relação ao plano dos fios. As esteiras que possuem clips em S aumentam somente a tensão dos fios à medida em que o parafuso tensor é apertado. As esteiras com clips angulados, à medida em que o parafuso é apertado, além da aumentar a tensão dos fios, aumenta a pressão sobre a pele de resposta, o que controla a sua ressonância.
3. Método de fixação das esteiras: as opções mais usadas são tiras de poliéster, de tecido (nylon ou algodão), ou cordões de nylon. As tiras de poliéster são mais práticas e fáceis de instalar, mas exigem um posicionamento e montagem muito cuidadoso para que as esteiras fiquem com tensão uniforme ao serem acionadas. As tiras de tecido são quase tão práticas quanto as de poliéster e toleram um pouco de erro no posicionamento da esteira. Os cordões são um pouco mais chatos de prender, mas praticamente corrigem os erros de posicionamento da esteira. Esteiras top possuem uma espécie de ressalto nos furos, que fazem com que a ação dos cordões seja parecida com as tiras... Quando os furos são planos, a utilização dos cordões afasta um pouco os fios da pele, o que aumenta a sensibilidade da esteira, mas aumenta a probabilidade de zumbido. Esteiras top possuem clips com uma furação que permite escolher entre estes métodos de fixação.

Esteiras de boa qualidade possuem fios posicionados cuidadosamente, perfeitamente paralelos e com igual tensionamento entre si. Infelizmente, a marca dominante no mercado nacional tem uma soldagem de má qualidade e fios com tensão desigual, o que dificulta demais uma boa regulagem do som.

O número de fios, além de aumentar a quantidade de resposta de esteira, também controla a ressonância da pele de resposta em esteiras com clipes angulados.

Pra você achar seu som, o único jeito é ir testando. A grande dificuldade é encontrar variedade de modelos aqui no Brasil. Parece que os comerciantes e importadoras não dão a devida importância para as esteiras, e isso é em parte culpa nossa, por não sabermos valorizar a importância detes componente."


Mas pra entender direito acho que ainda preciso de algo mais sistematizado... Exemplo:

Aço - mais agudo
Bronze - mais ressonancia

etc.

Mas acho que o pessoal não dá muita atenção pra essa sessão "iniciantes".


Editado por danncruz - 04/06/10 as 18:27
Pratos:

Agean Custom Hi-Hat 14"

Paiste 2002 Splash 10"

Paiste 2002 Crash 18"

Sabian AAX Stage Ride 20"

Bateria RMV Exclusive Maple
Voltar ao Topo
ViniFeliciano Ver Drop Down
Experts
Experts
Avatar

Cadastrado em: 09/02/09
Localização: Brasília, DF
Status: Desconectado
Pontos: 5660
Link direto para este Post Postado: 04/06/10 as 07:45
Conheço o Auro a algum tempo já como Amok, users aqui do fórum e práticamente o Oráculo do Cifras Club, muito experiente e sensato, aqui no fórum quase nunca postas, mas quando posta da um showzinho a parte, merece uma leitura mais atenta e concentrada.

Abs.
Ex-Moderador: Nov. 2009/Fev. 2012
Voltar ao Topo
bruno75 Ver Drop Down
Avançados
Avançados


Cadastrado em: 14/03/10
Localização: pe
Status: Desconectado
Pontos: 340
Link direto para este Post Postado: 04/06/10 as 12:41
Interessante... e qual seria a melhor marca de esteira? para que tipo de música é mais apropriada a com 14, 20, 36, 40 fios? Usar mais solta ou mais apertada à resposta? valeu o tópico.
Voltar ao Topo
Amok Ver Drop Down
Iniciantes
Iniciantes
Avatar

Cadastrado em: 08/04/08
Localização: Brazil
Status: Desconectado
Pontos: 20
Link direto para este Post Postado: 04/06/10 as 14:08
Olá !
Não sei se deu pra entender no texto que o danncruz postou: não existe resposta simples quando o assunto é esteira. O material de que os fios são feitos possuem bem menos importância que o design da esteira. Esteiras não são como pratos, cuja ressonância é persistente e depende muito do material de sua composição. 
A função da esteira é basicamente gerar um som secundário, tocando a pele de resposta, ao reagir ao toque da pele de ataque. 
A coisa funciona assim: a pele de ataque é tocada=> o ar se desloca pelo corpo da caixa, vibrando conforme as ondas geradas pela pele => essas vibrações atingem o casco e parte delas sofrem uma "filtragem" de frequencias, determinada pelo material do casco => as ondas "filtradas" se misturam às ondas não filtradas e atingem a pele de resposta => a pele de resṕosta reage ao ataque primário e "chuta" a esteira pra fora => durante um breve período, a pele de resposta ressoa sem contato da esteira (esse periodo é mais curto quanto maior a tensão da esteira) => a esteira volta e "dá um tapa" na pele de resposta, gerando o som secundário, típico da esteira => a pele de resposta reage novamente e propaga ondas em ambas as direções (essa propagação é controlada pelas esteiras equipadas com clip em "V" aberto) => a propagação interna se difunde pelo lado interno do tambor, passa novamente pelo processo de "filtragem" do casco, atinge a pele de ataque, e o processo se repete, desta vez com menos energia, até que a energia seja totalmente dissipada.

Cada uma destas etapas possui vários fatores que influem no modo como ocorrem. Os parâmetros que conseguimos controlar, em seu conjunto, constituem o método (ou técnica) de afinação. A esteira é apenas um dos parâmetros deste processo complexo.
Como mencionei lá no texto acima, se existe alguma diferença na sonoridade em função do material do fio da esteira, ela é muito sutil, e ocorreria somente na etapa de retorno da esteira, e ainda assim, seria mesclada com toda aquela tempestade sonora gerada pelas peles e ondas secundárias.

Pra quem quer algo mais sistematizado, só dá pra afirmar o seguinte:
Mais fios => mais som de esteira
Menos fios => menos som de esteira

Maior tensão => Som de esteira mais curto e com menos presença
Menor tensão => Som de esteira mais longo e com mais presença

A pressão dos fios contra a pele determina o quanto o som de esteira vai surgir em função do sustain. Quanto maior a pressão, menos som durante o sustain. 

Fios mais finos possuem maior sensibilidade e menor volume. São também menos resistentes.

Os fios centrais da esteira são submetidos a maior stress e respondem mais aos toques. Esteiras com "falhas" centrais são menos sensíveis e respondem mais ao ataque que ao sustain.

Sobre marcas, o que dá pra dizer é o seguinte: as marcas importadas dão um banho na nacional. Até a Turbo é muito superior àquela famosa marca nacional. A vantagem da marca nacional é que seus clips possuem o tal formato em "V" aberto, o que permite melhor controle da pressão sobre a pele.
NMO, a melhor marca é a Puresound, devido a imensa variedade de modelos. O problema é a falta de disponibilidade no país.
Os modelos top da Pearl aparecem de vez em quando, a critério do humor do representante oficial.
As esteiras Turbo são de excelente custo-benefício. São muito bem construídas e custam pouco.
Prefiro não fazer comentários a respeito das nacionais. É triste isso.

[ ]'s



Voltar ao Topo
Amok Ver Drop Down
Iniciantes
Iniciantes
Avatar

Cadastrado em: 08/04/08
Localização: Brazil
Status: Desconectado
Pontos: 20
Link direto para este Post Postado: 04/06/10 as 14:34
Como eu mencionei acima, não tem resposta fácil.. O padrão pra rock, pop e blues fica entre 20 e 24 fios. Pra Jazz tradicional e MPB, esteiras finas com uns 30 fios, mas sinceramente eu acho que vale tudo. A parte divertida é justamente pesquisar pra achar o seu próprio som. 
Eu tenho preferido usar a esteira com pouco aperto, somente o necessário pra eliminar vibração excessiva no sustain. Pequenos movimentos no parafuso podem mudar bastante o padrão de resposta. Um aperto menor deixa o som mais quente, e responde melhor ao ataque. O efeito colateral é o zumbido de ressonância, mas esse eu já desisti de controlar totalmente.

[ ]'s


Editado por Amok - 04/06/10 as 14:35
Voltar ao Topo
danncruz Ver Drop Down
Seniors
Seniors


Cadastrado em: 21/12/08
Status: Desconectado
Pontos: 594
Link direto para este Post Postado: 04/06/10 as 18:25
Originalmente postado por Amok Amok escreveu:

Olá !
Não sei se deu pra entender no texto que o danncruz postou: não existe resposta simples quando o assunto é esteira. O material de que os fios são feitos possuem bem menos importância que o design da esteira. Esteiras não são como pratos, cuja ressonância é persistente e depende muito do material de sua composição. 
A função da esteira é basicamente gerar um som secundário, tocando a pele de resposta, ao reagir ao toque da pele de ataque. 
A coisa funciona assim: a pele de ataque é tocada=> o ar se desloca pelo corpo da caixa, vibrando conforme as ondas geradas pela pele => essas vibrações atingem o casco e parte delas sofrem uma "filtragem" de frequencias, determinada pelo material do casco => as ondas "filtradas" se misturam às ondas não filtradas e atingem a pele de resposta => a pele de resṕosta reage ao ataque primário e "chuta" a esteira pra fora => durante um breve período, a pele de resposta ressoa sem contato da esteira (esse periodo é mais curto quanto maior a tensão da esteira) => a esteira volta e "dá um tapa" na pele de resposta, gerando o som secundário, típico da esteira => a pele de resposta reage novamente e propaga ondas em ambas as direções (essa propagação é controlada pelas esteiras equipadas com clip em "V" aberto) => a propagação interna se difunde pelo lado interno do tambor, passa novamente pelo processo de "filtragem" do casco, atinge a pele de ataque, e o processo se repete, desta vez com menos energia, até que a energia seja totalmente dissipada.

Cada uma destas etapas possui vários fatores que influem no modo como ocorrem. Os parâmetros que conseguimos controlar, em seu conjunto, constituem o método (ou técnica) de afinação. A esteira é apenas um dos parâmetros deste processo complexo.
Como mencionei lá no texto acima, se existe alguma diferença na sonoridade em função do material do fio da esteira, ela é muito sutil, e ocorreria somente na etapa de retorno da esteira, e ainda assim, seria mesclada com toda aquela tempestade sonora gerada pelas peles e ondas secundárias.

Pra quem quer algo mais sistematizado, só dá pra afirmar o seguinte:
Mais fios => mais som de esteira
Menos fios => menos som de esteira

Maior tensão => Som de esteira mais curto e com menos presença
Menor tensão => Som de esteira mais longo e com mais presença

A pressão dos fios contra a pele determina o quanto o som de esteira vai surgir em função do sustain. Quanto maior a pressão, menos som durante o sustain. 

Fios mais finos possuem maior sensibilidade e menor volume. São também menos resistentes.

Os fios centrais da esteira são submetidos a maior stress e respondem mais aos toques. Esteiras com "falhas" centrais são menos sensíveis e respondem mais ao ataque que ao sustain.

Sobre marcas, o que dá pra dizer é o seguinte: as marcas importadas dão um banho na nacional. Até a Turbo é muito superior àquela famosa marca nacional. A vantagem da marca nacional é que seus clips possuem o tal formato em "V" aberto, o que permite melhor controle da pressão sobre a pele.
NMO, a melhor marca é a Puresound, devido a imensa variedade de modelos. O problema é a falta de disponibilidade no país.
Os modelos top da Pearl aparecem de vez em quando, a critério do humor do representante oficial.
As esteiras Turbo são de excelente custo-benefício. São muito bem construídas e custam pouco.
Prefiro não fazer comentários a respeito das nacionais. É triste isso.

[ ]'s








Agora sim! Podiam fixar isso né... Acho que muita gente tem essa dúvida... Abraços!


Pratos:

Agean Custom Hi-Hat 14"

Paiste 2002 Splash 10"

Paiste 2002 Crash 18"

Sabian AAX Stage Ride 20"

Bateria RMV Exclusive Maple
Voltar ao Topo
tiagosborne Ver Drop Down
Avançados
Avançados
Avatar

Cadastrado em: 08/09/08
Status: Desconectado
Pontos: 215
Link direto para este Post Postado: 30/06/10 as 19:39
Com uma coisa eu concordo, esteiras são uma das coisas mais chatas de se mexer em todo o kit ;)
Rock And roll and no more
Voltar ao Topo
ijexá Ver Drop Down
Iniciantes
Iniciantes
Avatar

Cadastrado em: 13/07/10
Localização: Salvador
Status: Desconectado
Pontos: 5
Link direto para este Post Postado: 13/07/10 as 17:01
eu particularmente uso uma caixa de maple 14x6/5 esteira de 36 fios....levemente solta...acho que o sustein do tambor fica melhor...com um som mais "molhado" particularmente gosto dessa sobra...
"Eu vou a qualquer lugar, desde que seja em frente."
Voltar ao Topo
 Responder Responder
  Compartilhar Tópico   

Ir para o Fórum Permissões do Fórum Ver Drop Down



Esta página foi carregada em 0.203 segundos.